Artigo

O que ganha quem perde nos Óscares

A noite dos Óscares é de glória para quem ganha a estatueta dourada, mas os derrotados também não saem de mãos a abanar: entre as prendas estão estadias em resorts na Toscana, uma viagem pelas Montanhosas Rochosas... e um vibrador.

A Academia já tentou acabar com a prática, mas sem sucesso e os atores e realizadores nomeados para os Óscares que não ganham nada na cerimónia continuam a receber prendas na manhã seguinte.

As prendas do «cesto» de 2015 conseguem ser menos explícitas do que as de 2012, quando os nomeados tiveram a oportunidade de fazer uma redução de gordura localizada não-invasiva. No ano passado as ofertas incluíam comprimidos para perder peso, um sistema robótico de transplante capilar e algo descrito como «The Orgasm Shot», um procedimento que alegadamente rejuvenescia e melhorava «o tecido genital de uma mulher».

Ainda assim, para além da habitual miscelânea de produtos de beleza para a pele e outros acessórios de luxo habitualmente associados a estas bolsas de brindes, ou vales para sessões de fitness com Alexis Seletzky, o «treinador das celebridades», este ano o criador Distinctive Assets acrescentou vários destaques incríveis:

- uma estadia de três noites num resort na Toscana (Itália), avaliado em 1320 euros;

- uma luxuosa viagem de comboio pelas Montanhas Rochosas do Canadá no valor de mais de 12.700 euros;

- sais naturais franceses do Mediterrâneo (1300 euros);

- um colar de prata personalizado com a inscrição das coordenadas de latitude e longitude do Dolby Theater (onde se realiza a cerimónia) (132 euros);

- uma viagem de campismo de luxo (11 mil euros);

- um vale para doces personalizados e buffet de sobremesas (705 euros);

- um vaporizador Haze (220 euros);

- um vibrador Afterglow (220 euros);

- um «gift pack» da Wellness 360 (1058 euros)

- o aluguer durante um ano do Audi A4 da Silvercar (mais de 17.600 euros);

- um pacote de lifestyler «Reset Yourself» (mais de 12500 euros);

- um vale para que Olessia Kantor, fundadora da Enigma Life, voe para encontrar cada nomeado «para discutir o seu horóscopo de 2015, analisar sonhos e ensinar-lhe técnicas de controlo da mente» (mais de 17.600 euros).

Estas prendas não são endossadas pelas Academia e desde 2006 os nomeados têm de pagar impostos sobre elas. O conjunto deste ano, que envolve 59 marcas, foi avaliado em 110 mil euros.

Comentários