Artigo

Play, o festival de cinema só para crianças e jovens, acontece em fevereiro

Um festival a pensar nos espetadores até aos 13 anos, que promova o gosto pelo cinema e que possa viajar para outras cidades, é o que promete em fevereiro o Play - Festival Internacional de Cinema Infantil e Juvenil de Lisboa.

O festival, hoje apresentado, decorrerá de 01 a 09 de fevereiro no cinema São Jorge, em Lisboa, com uma centena de filmes, mas também com debates, oficinas e uma pequena feira do livro e do filme. «O festival Play pretende afirmar-se como um território de lazer e de discussão no espaço do cinema e da pedagogia, estimulando a perspetiva crítica destes novos espetadores», sustenta a direção.

Depois de Lisboa, o festival chegará «a outros pontos do país, através de ações pontuais, que permitirá levar programação cultural a regiões onde [esta] escasseia».

O Play abrirá com «Alfie, o Jovem Lobisomem» (na imagem), produção holandesa de Joram Lursen, a partir de uma série de livros para a infância, do autor alemão Paul van Loon. O encerramento será com «Irmãs Vampiras», do alemão Wolfgang Groos.

Da programação destaca-se a antestreia nacional do filme brasileiro «Meu Pé de Laranja Lima», de Marcos Bernstein, sobre a novela de José Mauro Vasconcelos, uma parceria com Festival Internacional De Cinema Infantil do Brasil, e a exibição de «Gambozinos», numa sessão especial com a presença do realizador, o português João Nicolau.

Entre os filmes portugueses selecionados está «Tuttodunpezzo», curto filme de animação do ilustrador português André da Loba, que lhe valeu uma medalha de ouro da Society of Illustrators, dos Estados Unidos.

Está previsto ainda um debate com os escritores Afonso Cruz, Alexandre Honrado, Alice Vieira, Ana Zanatti, David Machado, Possidónio Cachapa e José Jorge Letria sobre cinema e literatura para a infância.

O festival é organizado pela Tecla Play Associação Cultural.

Comentários