Artigo

Quando as mulheres comandaram grandes filmes

«As Cinquenta Sombras de Grey» e «Ritmo Perfeito 2» são grandes sucessos que foram realizados por mulheres. O SAPO Cinema juntou uma lista que mostra que «elas» dão cartas em todos os géneros.

«As Cinquenta Sombras de Grey» e «Um Ritmo Perfeito 2», de Sam Taylor-Johnson e da também atriz Elizabeth Banks, ambos lançados este ano, são os dois filmes realizados por mulheres que mais renderam no fim de semana de estreia na história do cinema.

Além disso, o primeiro, com receitas globais de quase 570 milhões de dólares, é mesmo o maior sucesso de sempre de uma realizadora.

Este sucesso, bem como os de «The Hunger Games», «Digergente» ou «Twilight», comprova que os filmes dirigidos primordialmente para as espectadoras são cada vez mais importantes a nível comercial, mas surge num momento em que são conhecidos estudos a dar conta que as mulheres apenas fizeram 7% dos 250 filmes mais rentáveis de 2014.

Na verdade, nenhuma mulher dirigiu um filme com um orçamento superior a 52 milhões de dólares - Phyllida Lloyd, quando fez «Mamma Mia!» em 2008 -, com excepção de Jennifer Lee, que esteve à frente da produção de 150 milhões da animação «Frozen - O Reino do Gelo»... ao lado de um homem.

Apesar de também em 87 anos de Óscares apenas 4 das 223 personalidades nomeadas na categoria de realização serem mulheres, como se pode ver por esta lista de títulos aclamados pelo público e pela crítica reunida pelo SAPO Cinema, as mulheres sempre mostraram que são tão competentes como os seus colegas masculinos para estar à frente de filmes de todos os géneros.

Comentários