Artigo

Queer Lisboa: Filme do dia: «Floating Skyscrapers»

Tomasz Wasilewski, o realizador de «In the Bedroom», defende que o seu novo filme é a primeira longa-metragem de sensibilidade LGBT de produção polaca.

No seu 15º ano de treino, o aspirante a campeão de natação, Kuba, vive uma vida normal sem sobressaltos – em casa com a sua mãe e a sua namorada. Ele vagueia alegremente entre o bom sexo com Sylwia e as massagens ocasionais que a sua mãe lhe pede. Mas Kuba tem andado curioso em relação a alguns rapazes do ginásio. Uma noite, numa inauguração numa galeria, ele sente-se aborrecido até que conhece Michal e, de um dia para o outro, Kuba põe Michal no meio da sua relação com Sylwia. Desiste dos treinos e começa a sonhar com outra vida. Sente que nunca teve sentimentos tão profundos como aqueles que tem por Michal. Kuba terá que lidar com as consequências.

O filme é realizado pelo polaco Tomasz Wasilewski, cuja primeira longa-metragem, «In a Bedroom», tem sido um dos mais proeminentes filmes polacos no circuito dos festivais internacionais. Este novo filme, defende o cineasta, é a primeira longa-metragem de sensibilidade LGBT produzido na Polónia.

«Floating Skyscrapers» é exibido hoje, 23 de setembro, às 22h00, no Cinema São Jorge, em Lisboa, e erepete amanhã, 24 de setembro, às 17h15, no mesmo local.

Comentários