Artigo

«Ratatui» reduz visitantes à dimensão de ratinhos na Disneyland Paris

«La Place de Rémy» é o espaço dedicado ao filme «Ratatui» que abre a 10 de julho na Disneyland Paris. Ali, o visitante é reduzido à dimensão de um ratinho, tanto numa inovadora atração como num invulgar restaurante. Nós fizemos a visita.

«Ratatouille: The Attraction» é a 60ª atração a abrir no Disneyland Resort Paris e é um verdadeiro exclusivo do parque europeu, que não existe em qualquer outra Disneyland do mundo. Integrada numa nova mini-terra denominada «La Place de Remy», no parque Walt Disney Studios, a atração abre ao público a 10 de julho e leva os visitantes, reduzidos ao tamanho de ratinhos, em aventuras vertiginosas pela cozinha do restaurante Gusteau, numa experiência tridimensional e multi-sensorial.

Na matriz está o filme «Ratatui», que valeu à Pixar e ao realizador Brad Bird o Óscar de Melhor Longa-Metragem de Animação referente a 2007, e que se centrava em Rémy, uma ratazana com uma enorme paixão pela culinária que sonhava um dia ser chef no mítico restaurante parisiense Gusteau.

A atração da Disneyland Paris levou cinco anos a criar e integra-se num espaço espetacular que se intitula «La Place de Rémy», uma praça com um restaurante de 370 lugares chamado Bistrot Chez Rémy, uma loja que abrirá mais no final do ano, «Chez Marianne - Souvenirs de Paris», e ainda a atração propriamente dita, que envolve imagens a três dimensões, cheiros diversos e veículos que circulam sem carris.

Sem revelar demasiado, o visitante viaja em carros com forma de ratinhos pela caótica cozinha do restaurante, encontrando as personagens principais do filme, que tentam fazer um menu especial para os comensais. Os designados «ratmobiles» deslocam-se em grupos de três mas, à imagem de verdadeiros roedores, fazem sempre percursos diferentes.

Pelo percurso, que integra também a dispensa, as paredes, o frigorífico e o fogão daquele espaço, há muitos cheiros e efeitos tridimensionais, e há também adereços gigantes pensados para dar ao visitante a perspetiva de um ratinho (como um presunto de 6,2 metros e 1,2 toneladas e um peixe de 7,5 metros e 750 quilos), além de 49 pares de olhos de roedores que seguem os aventureiros ao longo da viagem.

A ilusão do tamanho também é transportada para o restaurante Bistrot Chez Rémy, onde o visitante continua a sentir-se do tamanho de um ratinho, com cadeiras feitas de rolhas de garrafas de champanhe e mesas criadas a partir de potes de geleia gigantes. Na ementa, não podiam faltar clássicos da cozinha francesa como o «ratatouille» ou o queijo Brie de Meaux. Os enólogos terão ainda um bónus: dois vinhos criados especialmente para o restaurante, um champanhe e um Saint Emilion Cuvée.

A espaçosa praça onde tudo isto decorre inspirou-se não só nas imagens do filme como também na arquitetura tradicional de Paris, nomeadamente na Place Dauphine e na Boulevard Haussmann. No centro está uma vistosa fonte, inspirada nas que ornamentam a Place des Vosges.

Comentários