Artigo

Realizador italiano Damiano Damiani morreu aos 90 anos em Roma

O realizador italiano Damiano Damiani, conhecido por obras sobre a máfia como «Pizza Connection» ou «O Polvo», morreu na quinta-feira em Roma, aos 90 anos, anunciaram fontes próximas do cineasta.

Nascido a 23 de julho de 1922, perto de Pordenone (leste de Itália), Damiano Damiani era também escritor e ator e os seus filmes denunciaram nos anos 70 alguns sistemas e centros de poder, segundo a agência France Presse.

Entre os seus filmes com preocupações sociais e cívicas encontram-se «Il giorno dela civetta» (1968), com Claudia Cardinale e Franco Nero, e «Confissão de um comissário» (1971).

Mas Damiano Damiani ficou conhecido sobretudo pela primeira parte da série televisiva «O Polvo», com Michele Placido no papel do comissário Cattani que dedica a sua vida a lutar contra a máfia.

Produzida pela RAI entre 1985 e 1997, «O Polvo» é considerada a mais famosa série televisiva italiana, tendo sido vendida para vários países e transmitida na RTP no final da década de 1980.

Damiano Damiani recebeu o Urso de Ouro em Berlim em 1985 por «Pizza Connection».

Em 1970 tinha lançado a atriz Ornella Muti com o filme «La Moglie la piu bella».

Há 10 anos Damiani deixou o cinema para se dedicar a uma paixão secreta, a pintura.

Comentários