Artigo

Realizador não gostou do marketing de «Exterminador: Genisys»

Alan Taylor disse que teve conversas «desagradáveis» após ter sido decidido revelar reviravoltas da história nos trailers.

Alan Taylor teve algumas surpresas antes da estreia de «Exterminador: Genisys»... «e quase todas relacionadas com o marketing».

O realizador revelou que não ficou nada contente com algumas opções, nomeadamente a decisão de lançar um trailer que revelava alguns pormenores importantes da história e reviravoltas de personagens e da linha temporal da saga criada por james Cameron que Hollywood pretende ressuscitar.

«Tive algumas chamadas de atenção e conversas desagradáveis onde gritava sobre isto ou aquilo. Acho que eles sentiam que tinham de mandar uma mensagem forte de que existia algo novo, de que isto iria numa nova direção, para um público muito desconfiado», revelou em entrevista ao sítio Uproxx.

«Eles estavam preocupados que as pessoas erradamente pensassem que isto era um reinício e nenhum de nós queria reiniciar dois filmes perfeitos de James Cameron. Acho que eles sentiram que tinham de fazer algo radical na forma como o filme estava a ser encarado».

Em abril, foi lançado um segundo trailer (em baixo) que foi muito criticado por fãs por revelar uma radical reviravolta na personagem do herói da resistência às máquinas John Connor (Jason Clarke).

A decisão foi lamentada por Alan Taylor por retirar o poder que a revelação representaria: «Certamente que dirigi aquelas cenas com a intenção de que ninguém saberia [o que se ia passar]».

«Exterminador: Genisys» estreia esta semana em Portugal.

Comentários