Artigo

Robert Redford luta pela sobrevivência em «Quando Tudo Está Perdido»

É um dos filmes de que mais se fala: «Quanto Tudo Está Perdido» é uma fita de «ação existencialista», com Robert Redford a merecer todos os elogios no papel do náufrago protagonista. O ator e o realizador fazem as apresentaçõers do filme.

Durante uma viagem a solo pelo Oceano Atlântico, um velho marinheiro descobre que o seu veleiro está a meter água após ter colidido com um porta-contentores à deriva.Com o equipamento de navegação e o rádio avariados, o homem viaja às cegas de encontro a uma violenta tempestade. Apesar de ter conseguido remendar a fenda no casco e de toda a experiência como marinheiro, mal consegue sobreviver. Usando apenas um sextante e cartas náuticas para se orientar é obrigado a esperar que as correntes oceânicas o levem até uma rota marítima mais frequentada onde possa pedir socorro. Mas com o sol impiedoso, os tubarões a circular em redor do barco e os poucos víveres a desaparecer, o experiente marinheiro é obrigado a enfrentar a hipótese da morte.

«Quanto Tudo Está Perdido» é um filme de ação muito singular, com Robert Redford como o único ator em cena, no papel do marinheiro que tenta sobreviver a todo o custo às situações mais adversas. O realizador é J.C.Chandor, que já tinha assinado o também elogiado «Margin Call - O Dia Antes do Fim».

Comentários