Artigo

Sean Penn surpreendido pela «flagrante estupidez» da reação à sua piada nos Óscares

A estrela fez um comentário que ofendeu várias pessoas antes de anunciar que o Óscar de Melhor Filme ia para «Birdman», mas não se mostra arrependida.

Sean Penn recusa pedir desculpa pela controversa piada que fez na cerimónia dos Óscares sobre o estatuto de imigrante de Alejandro González Iñárritu.

Antes de apresentar ao seu amigo o prémio de Melhor Filme por «Birdman», o ator questionou: «Quem deu o Green Card a este filho da mãe?».

Não obstante o próprio Iñárritu ter considerado a piada hilariante pouco depois no seu encontro com a comunicação social nos bastidores, recordando a relação de amizade e brutal honestidade com o ator desde que trabalharam juntos em «21 Gramas» (2003), várias pessoas manifestaram de forma acesa o seu descontentamento nas redes sociais.

Agora, durante as entrevistas de promoção de «The Gunman - O Atirador», o seu mais recente trabalho, onde surge ao lado de Javier Bardem, a estrela oscarizada de «Mystc River» e «Milk», revelou a sua frustração com aqueles que acharam as suas palavras de mau gosto.

«Sou sempre surpreendido pela estupidez flagrante. Estou sempre a ter mais esperança», revelou o também conhecido ativista. «Não tenho quaisquer desculpas a dar. De facto, tenho um grande «vão-se lixar» para qualquer pessoa que seja tão estúpida que não tenha apanhado a ironia quando se tem um país que é tão xenófobo. Se se fizesse como eles querem, não teríamos grandes cineastas como Alejandro a trabalhar neste país. Graças a Deus que temos».

«Sabia que ele seria a primeira pessoa naquela sala a saber que o seu filme tinha ganho», acrescentou.

Comentários