Artigo

Separados de fresco: quando Hollywood retratou corações partidos

No cinema muitas relações têm um final feliz, mas o que acontece às que entram em rutura? O SAPO MAG juntou alguns filmes onde dominam os sentimentos de confusão e traição.

Estamos na temporada em que Hollywood oferece muitos «blockbusters», animações e, para desenjoar, algumas comédias românticas.

Muitos são os filmes sobre histórias de amor com um final feliz, mas, Woody Allen à parte, representar relações que estão nas últimas ou acabaram de fracassar é muito menos popular.

No cinema como na vida, existem relações que pareciam eternas que chegam ao fim deixando sentimentos de confusão, desconforto, fracasso, traição e até humor.

De «A Guerra das Rosas» a «O Despertar da Mente» e o eterno «Kramer Contra Kramer», o SAPO MAG juntou alguns filmes que destacam as sementes de crise e separação e procuraram retratar, com drama ou humor, o estado de espírito dos casais que percebem de repente que podem não vir a viver «felizes para sempre»...

Comentários