Artigo

Sequela de «Sin City» estreia em outubro

«A Dame to Kill For» é o novo filme da saga «Sin City», cuja estreia, há muito adiada, está confirmada para outubro de 2013. O vasto elenco integra Josh Brolin, Mickey Rourke, Bruce Willis, Jessica Alba e Joseph Gordon-Levitt.

A imagem de Josh Brolin ao volante de um automóvel que o realizador Robert Rodriguez colocou recentemente na sua conta de Twitter, confirma oficialmente que está em pleno andamento a rodagem de «Sin City: A Dame to Kill For», a sequela de «Sin City - A Cidade do Pecado», para estreia no início de outubro de 2013. A fita adapta, em grande medida, «A Dame to Kill For», o segundo volume da série de BD de Frank Miller (que volta a co-realizar o filme), mas junta-lhe ainda a história curta «Just Another Saturday Night» e mais dois contos originais.

Josh Brolin interpreta Dwight McCarthy, um homem contactado pela antiga amante, Ava Lord ( Eva Green), que quer fugir ao seu marido violento, o bilionário Damien Lord. A história decorre antes da inspirada em «The Big Fat Kill», que surge no primeiro filme, e explica como Dwight acaba por fazer uma operação plástica que lhe mudará o rosto, já que a sua personagem é a mesma interpretada por Clive Owen na película original.

Quanto às outras histórias mais pequenas que se cruzam com esta, há uma com Marv ( Mickey Rourke) a acordar numa auto-estrada rodeado por gente morta sem se lembrar de como lá foi parar, outra com Johnny ( Joseph Gordon-Levitt), um jogador que quer vencer ao jogo o maior vilão da cidade, e outra ainda com Nancy ( Jessica Alba) a tentar lidar com a morte de John Hartigan ( Bruce Willis).

O filme mantém a estética de preto e branco de alto contraste que fez as glórias do original mas acrescenta-lhe agora o 3D. Da fita original regressam Jessica Alba, Rosario Dawson, Jaime King, Clive Owen, Powers Boothe, Mickey Rourke e Bruce Willis, e entre os nomes novos do elenco contam-se Eva Green, Josh Brolin, Jamie Chung, Joseph Gordon-Levitt, Dennis Haysbert, Julia Garner, Juno Temple, Ray Liotta, Christopher Meloni, Jeremy Piven e Crystal McCahill.

Comentários