Artigo

Steven Spielberg vai dirigir popular romance de ficção científica

Depois de ter feito vários clássicos, o premiado realizador regressa ao género com «Ready Player One», de Ernest Cline.

Steven Spielberg vai realizar «Ready Player One», a adaptação de um popular livro da ficção científica de Ernest Cline publicado em 2011 (inédito em Portugal) que é um dos maiores projetos em preparação em Hollywood e no qual cineastas como Christopher Nolan e Robert Zemeckis também tinham manifestado interesse.

Não foi anunciada qualquer previsão de estreia.

A história decorre em 2044, quando a maior parte da humanidade, graças ao desenvolvimento da tecnologia, prefere estar numa realidade virtual chamada Oasis em vez do mundo real. Nela existe um diabólico quebra-cabeças baseado em peças da cultura popular do final do século XX cuja resolução dará acesso a uma riqueza incalculável.

A obra tem a curiosidade suplementar de mencionar o próprio Spielberg: a certa altura, o protagonista Wade Watts afirma que absorveu «as filmografias completas de cada um dos seus realizadores preferidos», referindo-se aos interesses do criador da citada utopia digital, James Donovan Halliday. «Cameron, Gilliam, Jackson, Fincher, Kubrick, Lucas, Spielberg, Del Toro, Tarantino. E, claro, Kevin Smith.»

Na sua carreira, Spielberg fez alguns dos grandes marcos do género: «Encontros Imediatos do Terceiro Grau», «E.T. - O Extra-Terrestre», «Parque Jurássico», «AI -Inteligência Artificial», «Relatório Minoritário» e «Guerra dos Mundos».

Já passaram três anos desde que o realizador fez «Lincoln», o seu último filme, mas agora o realizador parece ter a agenda cheia: «A Ponte dos Espiões^«, com Tom hanks, estreia a 21 de outubro e antes de «Ready Player One» ainda irá filmar o romance infantil «The BFG», baseado numa obra de Roald Dahl («Charlie e a Fábrica de Chocolates») que tem o interesse adicional de ser adaptada ao cinema por Melissa Mathison («E.T. - O Extra-Terrestre»).

Comentários