Artigo

Sucesso de «Maze Runner» garante sequela já em 2015

O próximo filme chegará às salas exatamente dentro de um ano, mas terá mais concorrência.

«Maze Runner: Correr ou Morrer» fez 32.5 milhões de dólares no mercado dos EUA e mais 37.6 a nível internacional nos primeiros dias de estreia e foi apenas o que o estúdio, a 20th Century Fox, precisava para anunciar a sua sequela: «The Maze Runner: Scorch Trials» chegará às salas dentro de um ano, a 18 de setembro.

Não foram adiantados mais pormenores, mas o regresso dos atores cujas personagens sobreviveram está assegurado: neste tipo de produções, são assinados contratos para vários filmes.

Depois da incerteza das últimas semanas pela história de um grupo de jovens acordar num futuro distópico sem memória do que lhes aconteceu e rodeados de um labirinto ser um produto não testado e sem estrelas, apesar do orçamento ter sido uns relativamente modestos 34 milhões de dólares, o sucesso pode marcar o início de uma nova saga, que tem o pormenor particular de ter como público-alvo o público jovem masculino: o escritor James Dashner tem um terceiro livro, «The Death Cure», que pode ser adaptado nos próximos anos.

«Maze Runner: Correr ou Morrer» teve a concorrência de «O Caminho Entre o Bem e o Mal», um «thriller» com Liam Neeson e Dan Stevens, que apenas conseguiu 13.1 milhões de dólares. No entanto, tratando-se de um filme que apenas custou 28 e dirigido a um público mais velho, pode beneficiar das boas críticas e conseguir ainda bons resultados a nível internacional, onde a reputação de Neeson como estrela no género é bastante forte.

Em setembro de 2015, «The Maze Runner: Scorch Trials» terá uma concorrência mais forte: o filme de aventuras «Everest», com Jake Gyllenhaal, e um «biopic» ainda sem título sobre o «gangster» Whitey Bulger protagonizado por Johnny Depp.

Comentários