Artigo

«Transformers: Era da Extinção» proposto para Óscar de Melhor Filme

O estúdio por detrás do filme de Michael Bay não quer apenas ganhar nas categorias técnicas.

Com os dólares dos «blockbusters» do verão contados, os estúdios de Hollywood procuram agora conquistar o prestígio dos Óscares.

Parte da promoção envolve criar apelativos anúncios e organizar sessões de visionamento especiais dos filmes do ano prestes a terminar que acham que devem ser considerados e reconhecidos nas nomeações dos Óscares.

São as campanhas «For Your Consideration» e são levadas muito a sério: para além de muito dinheiro, está também em jogo o ego do estúdio, das estrelas e realizadores.

A Paramount lançou a sua campanha «Four Your Consideration» e «Transformers: Era da Extinção» destaca-se claramente: aparece listado em 12 categorias, incluindo melhor filme, realização (Michael Bay) e argumento adaptado... mas nenhuma de interpretação.

Alguns destes anúncios são gerados por imposições contratuais de produtores, realizadores e estrelas ainda antes da rodagem dos filmes e ainda que o estúdio possa estar a ser algo otimista, o primeiro «Transformers» (2007) foi nomeado para três Óscares: mistura de som, montagem de som e efeitos visuais.

Resta saber se os votantes da Academia estarão recetivos às sugestões da Paramount: apesar de ser o maior sucesso comercial do ano, com receitas de mais de mil milhões de dólares, «Transformers: Era da Extinção» tem estado estranhamente ausente das listas de melhores do ano anunciadas por várias organizações nos últimos dias.

Os outros títulos de 2014 que o estúdio colocou em campanha junto dos votantes da Academia, alguns apenas em categorias mais modestas, são «Interstellar» (Christopher Nolan) «Noé» (Darren Aronofsky), «Selma» (Ava DuVernay), «Men, Women & Children» (Jason Reitman), «The Gambler» (Rupert Wyatt), «Top Five» (Chris Rock) e «Hercules» (Brett Ratner).

Comentários