Artigo

Um ano depois, princesas Disney de «Frozen» vendem que se fartam

As princesas Anna e Elsa partilhavam protagonismo em «Frozen - O Reino do Gelo», mas nas vendas de vestidos e outros produtos, claramente uma delas é a vencedora.

«Frozen - O Reino do Gelo» estreou nos EUA há um ano, mas a febre pelo filme prolongou-se por 2014. E depois de ter sido apanhada de surpresa pela dimensão do sucesso do filme, deixando esgotar vários produtos de merchandising relacionados com o filme, este ano a Disney inundou as suas lojas com artigos Frozen.

De facto, a febre cultural e comercial é tão grande que a Disney informou que se venderam mais de três milhões de vestidos das irmãs princesas Anna e Elsa só nos Estados Unidos. Estes custam entre 50 e 100 dólares, sem contar com os acessórios, e uma versão ainda mais elaborada do vestido azul de Elsa, à venda por 130 dólares, é mesmo a mais vendida nos catálogos para crianças.

No entanto, a Disney admite que existe uma clara favorita nas vendas. Os produtos associados a Elsa, que canta «Let It Go» e quase condena o seu reino ao inverno eterno, são muito mais populares do que os da irmã mais nova, que é na realidade a protagonista do filme. Nas bonecas, por exemplo, vendem-se duas Elsas por cada Anna.

Seja como for, como notou Paul Gainer, vice-presidente das vendas de produtos da Disney, «as duas raparigas estão acima e para além de todas as outras princesas». E claro que as receitas só de material associado ao filme fazem empalidecer as obtidas por muitos títulos durante a carreira comercial nas salas de cinema. Nada mau para aquela que foi já a 53ª longa-metragem de animação de um estúdio com 81 anos...

Comentários