Artigo

Vickie chega ao cinema em versão de carne e osso

O célebre Vickie, o pequeno viking, protagonista da série de desenhos animados que encantou as crianças portuguesas da década de 70, vai chegar aos cinemas portugueses em dois filmes de imagem real, já no início de fevereiro.

«As Aventuras de Vickie» e «Vickie e o Tesouro dos Deuses» são os dois filmes que relatam as aventuras em imagem real de um dos grande heróis da juventude portuguesa da década de 70, o pequeno Vickie, e vão estrear ambos nas salas de cinema nacionais a 7 de fevereiro, com um aliciante invulgar: o preço de um bilhete de cinema vai permitir ver as duas fitas.

Vickie é um jovem viking de 10 anos criado em 1963 pelo escritor sueco Runer Jonsson para uma série de livros infantis, que tiveram considerável sucesso nos países de língua germânica. O salto para o resto da Europa deu-se graças a uma série de televisão de desenhos animados, produzida entre a Alemanha e o Japão, que se tornou um êxito brutal em toda a Europa. A série estreou em janeiro de 1974 na televisão alemã e chegou a Portugal logo em setembro do mesmo ano, com um impacto colossal.

Em 2009, o cineasta alemão Michael Herbig estreou nas salas de cinema «As Aventuras de Vickie», uma transposição para o cinema de imagem real da série de desenhos animados, com as personagens a parecerem-se o mais possível com as originais. Com Jonas Hämmerle como Vickie, Waldemar Kobus como o seu pai Halvar e o próprio Herbig no papel do bardo, o filme foi um enorme sucesso, com mais de cinco milhões de bilhetes vendidos na Alemanha.

Dois anos depois, estreava a sequela, «Vickie e o Tesouro dos Deuses», com o mesmo elenco mas agora a 3 Dimensões e com Christian Ditter a substituir Michael Herbig como realizador.

Os dois filmes estreiam em Portugal em simultâneo, a 7 de fevereiro, com os espetadores a poderem ver ambos pelo preço de um bilhete.



Comentários