Artigo

Wall Street faz previsão sobre quanto vai lucrar o novo «Star Wars»

Não restam dúvidas de que «Star Wars: O Despertar da Força» vai ser um dos títulos mais importantes de 2015 e Wall Street já antecipa os lucros.

Que «Star Wars: O Despertar da Força» será um dos títulos mais importantes de 2015 é tão óbvio que não requer grandes dotes de prognosticação. Afinal, o "trailer teaser" mais recente foi visto 88 milhões de vezes nas primeiras 24 horas.

A dúvida é saber até onde pode ir e Wall Street já avançou com uma previsão de para os seus clientes.

Os analistas do Citigroup acreditam que as receitas mundiais do «episódio 7» serão na ordem dos 1.75 mil milhões de dólares, subindo dos 1.2 adiantados anteriormente pelo Credit Suisse. Outros ainda acreditam que poderá chegar aos 2 mil milhões.

Qualquer que seja o valor colocá-lo-ia em terceiro lugar na lista dos maiores sucessos comerciais, apenas atrás de «Avatar» e «Titanic», com $2,78 e $2,18 mil milhões respetivamente.

Menos científica é a previsão da revista Entertainment Weekly: mais de 3 mil milhões.

Realizado por George Lucas, «Star Wars: A Vingança dos Sith», o último filme da saga, rendeu 848 milhões de dólares.

Os valores levam em conta o apelo que o regresso do elenco original formado por Mark Hamill, Harrison Ford e Carrie Fisher, terá sobre os espectadores mais velhos, avessos a irem às salas de cinema, a que se juntará toda uma nova geração que irá ver um filme passado na «galáxia muito, muito distante» pela primeira vez no grande ecrã.

«Star Wars: O Despertar da Força» estreia em Portugal a 17 de dezembro de 2015.

Comentários