Filme

Julgamento Hostil

  • Jump!

Sinopse

Em 1928, o jovem Philippe Halsman - que viria décadas mais tarde a tornar-se um dos mais célebres fotógrafos do século XX - quando fazia uma caminhada de montanha com o pai, vê-o cair por um penhasco abaixo. Quando as autoridades chegam ao local descobrem o cadáver do pai de Philippe, que tem a cabeça aberta por uma machadada, e Halsman é preso e acusado de patricídio. Embora ele clame a sua inocência, o facto de Philippe ser judeu e um estranho numa comunidade austríaca bastante fechada faz com que as autoridades decidam julgar o caso o mais rápido possível. O jovem e o seu advogado não têm tempo de preparar uma defesa sólida capaz de fazer frente a uma opinião pública anti-semita decidida à partida pelo veredicto de culpado. Philippe é rapidamente condenado a 10 anos de cadeia, embora não houvesse provas directas do seu envolvimento ou motivo para o crime. Graças ao envolvimento de figuras famosas como Albert Einstein, Sigmund Freud e Thomas Mann, o jovem Halsman é libertado com a condição de deixar para sempre o país. Este facto marcante na vida de Halsman iria ter um impacto na sua carreira de fotógrafo onde se distinguiu pela forma brilhante como conseguia captar a essência das pessoas que retratava, entre elas políticos, estrelas de cinema, artistas, etc. Halsman tornou-se famoso pela forma insólita mas eficaz como descontraía os seus modelos, dizendo-lhes para saltarem, altura em que captava instantes raros da verdadeira personalidade dos seus retratados. Um drama biográfico que recria com emoção e realismo a ascensão do sentimento anti-semítico no centro da Europa no início do século XX, e a forma como este acontecimento viria a tornar-se um momento decisivo na vida de um dos grandes mestres da fotografia.

Comentários