Artigo

«Música na Rua»: Terceira edição já arrancou nas estações do metro da Trindade e Bolhão

A terceira edição do «Música na Rua» arrancou esta quinta-feira, com concertos diários das 12:00 às 15:00 e das 17:00 às 20:00, nas estações do metro da Trindade e do Bolhão, no Porto.<

Até ao final do mês de maio, as 20 bandas e músicos selecionados pelos júris do evento vão atuar, de forma rotativa, de segunda a sexta-feira, nas duas estações do metro do Porto, com concertos que terão uma duração mínima de 30 minutos.

O arranque oficial aconteceu na estação da Trindade com a presença dos locutores da RFM, a rádio oficial da iniciativa, José Coimbra, Carla Rocha e Nilton, que realizaram o seu programa diário “Café da Manhã” em direto a partir da estação portuense.

A partir do dia 01 de abril tem início o processo de votação através da rede social Facebook e os músicos mais votados terão como prémio a participação em concertos organizados pela Porto Lazer.

Para esta terceira edição, inscreveram-se 59 intérpretes e foram apuradas as seguintes bandas e músicos: Da Silva, Miscuta, Rodrigo Viterbo, Sem Passe, Jahradio, 4 de Nylon, Reyze, Paquiderme Albino, Jazzamisto, U'go Band, Nomad Birds, 2, Pay it Forward, Triciclo Vivo, Coralline, Joana Fonseca, The Goes, The Accross, Paulo Sousa e Mariya Lomakova.

Este é um projeto conjunto da Câmara Municipal do Porto, através da Porto Lazer, Metro do Porto, Casa da Música e produção da SPOT.

Segundo a organização, nesta primeira fase os concertos terão lugar apenas no interior das duas estações de metro mas, a partir do verão, os concertos serão feitos na rua, com o objetivo de dar a conhecer «o trabalho dos participantes no evento a um número ainda maior de espectadores» e de forma a «animar ainda mais as ruas e avenidas, numa altura em que o Porto se enche de turistas».

SAPO/Lusa

Comentários