Pessoa

Adelina Abranches

Margarida Adelina Abranches

  • PT

  • Nasceu a 15 de Agosto de 1866

  • Faleceu a 21 de Novembro de 1945

Adelina Abranches (Lisboa, 15 de Agosto de 1866 - 21 de Novembro de 1945) foi uma actriz de teatro portuguesa.

Adelina Abranches (Lisboa, 15 de Agosto de 1866 - 21 de Novembro de 1945) foi uma actriz de teatro portuguesa.

Menina prodígio do teatro português, estreia-se aos quatro anos de idade na peça Meninos Grandes no Teatro Nacional D. Maria II. Fica conhecida como "a espanhola", devido ao traje com que se estreou no teatro. Iniciou a sua fulgurante carreira no Rio de Janeiro, representando, apesar da sua pequena figura, papéis de ingénua, soubrettes, travestis ou damas galantes. Destacou-se em inúmeras interpretações em peças como Os Velhos, Avô, Pranto de Maria Parda, ou Dama das Camélias onde obteve grande sucesso. Em 1930 fez parte do elenco no filme mudo português "Maria do Mar" de Leitão de Barros, interpretando o papel de Tia Aurélia. Em Portugal trabalhou com Amélia Rey Colaço ao lado de Eunice Muñoz ou Estêvão Amarante.

Foi casada com Luís Ruas, empresário do Teatro do Príncipe Real e mãe dos actores Luís Ruas e Aura Abranches, que publicou as as suas memórias em 1947. Foi condecorada com a Ordem de Santiago da Espada.

Adaptado de Sapo Saber a 26-11-2009

Comentários