Pessoa

Alexandre de Sousa

Alexandre Barros de Sousa

  • PT

Alexandre (Barros) de Sousa, nasceu em 1944, no Porto, freguesia de Cedofeita. Fez a instrução primária no Colégio Almeida Garret e depois na Escola Oficial situada nos terrenos contíguas à Liga dos Combatentes da Grande...

Alexandre (Barros) de Sousa, nasceu em 1944, no Porto, freguesia de Cedofeita. Fez a instrução primária no Colégio Almeida Garret e depois na Escola Oficial situada nos terrenos contíguas à Liga dos Combatentes da Grande Guerra. Frequentou o Liceu Rodrigues de Freitas (D. Manuel II), o Colégio de João de Deus, tendo terminado o curso liceal no Liceu Alexandre Herculano. Simultaneamente frequentou de 1960 a 1964, a Escola de Ballet Clássico dirigida por Pirmin Trecu. Frequentador assíduo do Cine Clube do Porto e da Juventude Musical Portuense, entra em 1963 para o Círculo de Cultura Teatral, Teatro Experimental do Porto frequentando aí, a Escola de Teatro dirigida por João Guedes, e estreia-se como actor em 1964, no espectáculo Autos de Gil Vicente, encenado por Carlos Avilez. No ano seguinte vai para Paris e entre 1965-66-67 frequenta a École de Théâtre Charles Dullin, no Théâtre Nationale Populaire, então dirigido por George Wilson, no Palais de Chaillot, tendo participado como aluno figurante em vários espectáculos encenados por George Wilson . Trabalhou posteriormente no Thêatre du Vieux Colombier, no Teatro Português de Paris e no Festival de Thêatre des Amandiers dirigido por Pierre Debauche. Volta para Portugal em 1975 e integra o elenco do Teatro Animação de Setúbal, até 1982. Desde então tem participado em espectáculos da Comuna, com João Mota, do Grupo de Teatro Hoje (Teatro da Graça) com Carlos Fernando, do Centro de Arte Moderna com Fernanda Lapa e com Mário Feliciano, do Novo Grupo com João Lourenço e com Norberto Barroca, do Teatro da Trindade com Fernanda Lapa e com Ana Tamen. Teatro Nacional D. Maria II da Companhia de Teatro de Almada com Joaquim Benite, no Teatro Maria Matos, ainda com Ana Tamen. Encenou"Doces do Diabo" Textos de Jorge de SenaT.A.S. 1982 Setúbal"Às Seis o Mais Tardar" de Marc PerrierIFP1986 Lisboa "O Auto da Sibilla Cassandra" de Gil Vicente em V.V.Rodão1990 e "A Verdadeira História de Barbi " de José Pinto Correia T.M.Matos em 1994 em Lisboa. É licenciado em Línguas e Literaturas Modernas – Universidade Nova de Lisboa, e Mestrado em Estudos Portugueses e Brasileiros, pela Universidade da Sorbonne de Paris, com uma tese sobre " O TEATRO-ESTÚDIO DO SALITRE ( 1946 - 1950 )". Foi professor na Escola da Escola Superior de Teatro e Cinema e da Escola Superior de Música de Lisboa. Participou como actor em filmes de François Luciani, Fernando de Almeida e Silva, Eric Voreth, Fabrice Caseneuve, Maurice Fridland, António da Cunha Telles, Bille August , Jorge Marecos António de Macedo, Yves Boisset , José Fonseca e Costa, Marco Serafini, Fernando Lopes, Ken McMullen, Robert Mazoyer, Manoel de Oliveira, Léon de Winter, Christian Jacques, Pierre Kast, Dennis de la Patelière, Daniel de Challonge. Na televisão foi actor nas novelas, Feitiço de Amor, Doce fugitiva, O Anjo Selvagem, Passerelle, e em séries como Liberdade 21, Os Jornalistas, O 25 de Abril, Os Polícias, Sim Sr. Ministro, Os Imparáveis, Ideias com História, Uma Cidade como a Nossa, Zé Gato. É praticante de Yoga desde 1964, tendo tirado o curso de Professor de Yoga, (Yogacharya ) no Instituto de Yoga Integral de Bruxelas, dirigido por André Van Lysebeth e o curso de Yogaterapia pelo Instituto de Yogaterapia de Paris, na Faculdade de Medicina de Saint-Louis Lariboisière.

Web mail - adesousa44@gmail.com

Blogue - Interrogação

Alexandre de Sousa é um actor português.

Presença habitual na televisão, tendo participado em séries, novelas e telefilmes, participou no cinema em filmes de Manoel de Oliveira, Fernando Lopes, António de Macedo, Bruno Niel, Francisco Manso ou Pedro Palma.

Encenou algumas peças de teatro, para o Instituto Franco Português.

Adaptado de Sapo Saber a 27-02-2010

Comentários