Pessoa

Alfred E. Green

  • US

  • Nasceu a 11 de Julho de 1889

  • Faleceu a 04 de Setembro de 1960

Alfred E. Green (Perris, Califórnia, 11 de julho de 1889 — Hollywood, Califórnia, 4 de setembro de 1960) foi um diretor de cinema estadunidense.

Alfred E. Green (Perris, Califórnia, 11 de julho de 1889 — Hollywood, Califórnia, 4 de setembro de 1960) foi um diretor de cinema estadunidense.

Carreira


Green trabalhou no cinema por quase toda sua vida, tendo começado ainda na era muda como actor, roteirista, assistente de diretor e, finalmente, diretor. Dessa fase, destacam-se Sally ( 1925), Irene, Ella Cinders e It May Be Love, todos de 1926. No cinema sonoro, é muito apreciada sua produção da década de 1930, com filmes como Serpentes de Luxo (Baby Face, 1933), estrelado por Barbara Stanwick, Perigosa (Dangerous, 1935), com Bette Davis e A Comédia do Crime (The Gracie Allen Murder Case, 1939), com Warren William. A partir de meados dos anos 1940, sua carreira entrou em declínio, tendo passado a dirigir principalmente filmes B, mas ainda fez obras de prestígio, como Mr. Winkle Vai à Guerra (Mr. Winkle Goes to War, 1944), estrelado por Edward G. Robinson e Sonhos Dourados (The Jolson Story, 1946), com Larry Parks.

Após se desligar do cinema, Green passou seus últimos anos de vida trabalhando em séries de TV e lutando contra uma persistente artrite.

Retirado de Sapo Saber a 03-04-2011

Comentários