Pessoa

Dan Gilroy

Daniel Christopher Gilroy

  • US

  • Nasceu a 24 de Junho de 1959

Madonna Louise Veronica Ciccone Ritchie (Bay City, Michigan, 16 de Agosto de 1958), conhecida simplesmente como Madonna, é uma cantora, compositora, dançarina, produtora musical e cinematográfica, actriz e escritora est...

Madonna Louise Veronica Ciccone Ritchie (Bay City, Michigan, 16 de Agosto de 1958), conhecida simplesmente como Madonna[/b], é uma cantora, compositora, dançarina, produtora musical e cinematográfica, actriz e escritora americano. Venceu oito Prémios Grammy, e de um Globo de Ouro e dois óscares. Em 11 de Março de 2008 Madonna entrou para o Hall da Fama do Rock and Roll, título americano cedido aos artistas que fazem história e que têm grande importância e influência no mundo da música ao longo de no mínimo 25 anos.

Madonna é uma das cantoras mais premiadas no mundo da música, segundo a Agência FamaPress. É também muito conhecida pelas polémicas que causa ao misturar temas políticos, sexuais e religiosos à sua música.

Desde o início da sua carreira, em 1982, Madonna vendeu mais de 280 milhões de álbuns e 150 milhões de singles no mundo inteiro, tornando-se a cantora feminina que mais vendeu na história da indústria musical em todo o mundo. Em 2006, a Billboard divulgou que a sua digressão de 2006, Confessions Tour, é a digressão de uma artista feminina que mais dinheiro arrecadou na história. De acordo com o Guinness Book of Records e com a Revista Forbes, ela é a cantora mais rica do mundo com uma fortuna estimada em US$ 850 milhões de dólares, e o Guinness Book of Records listou Madonna como a "Artista Feminina mais Bem Sucedida de Todos os Tempos".

Madonna é chamada frequentemente "Material Girl" e "Rainha da Pop", devido às suas vendas e à influência inigualável na música e na cultura popular. Ao longo da sua carreira, a artista tem sido um modelo de tendências na moda e nos estilos de vida, re-inventado a sua imagem de forma criativa e inspiradora para muitos adolescentes, e assumindo-se como ícone pop das últimas décadas: da virgem ambígua de 'Like a Virgin', à 'Material Girl' que evocava as divas dos anos 50 e 60, à adolescente andrógina de 'Papa don't Preach', à 'Evita' da sua fase de actriz, à figura de negro, ao estilo ninja, de algumas das suas aparições de finais dos anos 90.

Biografia


Madonna nasceu às 7h09 da manhã no hospital Bay City Mercey na cidade de Bay City. Os seus pais viviam em Pontiac, subúrbio de Detroit, mas a mãe de Madonna tinha decidido visitar a avó em Bay City poucos dias antes do seu nascimento.

O pai de Madonna, Silvio P. Ciccone, era um engenheiro da Chrysler, natural dos Estados Unidos, mas de antepassados oriundos de Pacentro, na Itália. A mãe de Madonna, Madonna Louise Fortin, tinha raízes no Quebec e na França. Madonna tem quatro irmãos (Martin, Mario, Christopher e Anthony) e três irmãs (Melanie, Paula e Jennifer).

Madonna passou a sua infância em Pontiac e mais tarde em Rochester Hills (outro subúrbio de Detroit). Foi educada no catolicismo, que mais tarde abandonou. Quando fez o crisma tomou o nome Veronica, que é por vezes apresentado como parte integrante do seu nome civil. Em Dezembro de 1963, quando Madonna tinha cinco anos, a mãe morreu de cancro da mama, aos trinta anos de idade. O pai voltará a casar com Joan Gostafson, contratada como empregada da família após a morte da mãe de Madonna, que é sua esposa até hoje.

Contra a vontade do pai, Madonna começa a ter aulas de dança aos cactorze anos, tendo sido seu professor Chrystopher Flynn. Frequentou a Rochester Adams High School, onde se distinguiu como boa aluna (QI 140) e membro da equipe de "cheerleaders". Concluiu o ensino secundário em 1976, tendo prosseguido os seus estudos na Universidade do Michigan no curso de dança. Encorajada por Flynn, Madonna abandona o curso e com apenas 35 dólares muda-se para Nova Iorque com o objectivo de seguir uma carreira de bailarina.

Durante este período da sua vida passou por dificuldades económicas, tendo frequentemente dependido da ajuda dos amigos. Em 1979 integrou a digressão mundial do cantor disco Patrick Hernandez (conhecido por um único sucesso, " Born to be alive"), durante a qual conheceria em Paris Dan Gilroy, que seria seu namorado e com o qual fundaria, já em Nova Iorque, a banda "Breakfast Club".

Por volta de 1980 a banda "Breakfast Club", onde Madonna foi baterista, guitarrista e vocalista, tinha terminado. Depois do fim da banda, Madonna criou outra, a "Emmy", com um antigo namorado, Stephen Bray. Os dois decidem rapidamente afastar-se da "Emmy" e começam a trabalhar em conjunto em canções.

Em 1981, devido a dificuldades financeiras, Madonna participou como "vocal de apoio" em três canções do cantor alemão Otto Von Wernherr ("Wild Dancing", "Cosmic Climb" e "We Are The Gods"). Mais tarde, quando Madonna se tornou famosa, Otto seleccionou as pequenas frases cantadas por Madonna e lançou-as como "canções".

Entretanto, uma cassete com as canções que Madonna criou com Bray chegou às mãos do produtor e DJ Mark Kamins que a entregou à editora discográfica Sire Records, que contratou Madonna em 1982.

"Everybody", o primeiro single de Madonna, produzido por Mark Kamins, foi lançado no mercado em finais de 1982, tendo-se tornado um pequeno sucesso nos Estados Unidos. Em seguida são lançadas as canções "Burning Up" e em Junho de 1983,"Holiday", música produzida por Jellybean Benitez. Em Julho de 1983 foi lançado o primeiro álbum da artista, Madonna, relançado em 1985 no mercado internacional com o título The First Album.

O seu segundo álbum, Like a Virgin é lançado em Novembro de 1984 e a faixa título apresentada no primeiro MTV Video Music Awards, onde Madonna surgiu de um bolo vestida de noiva, seguindo-se uma performance na qual a cantora acabaria por rolar pelo chão. A apresentação foi considerada muito ousada para os padrões da época e a imagem de Madonna ficou marcada por tal episódio. A música permaneceu durante seis semanas no topo das paradas de sucesso.

Em 1985 Madonna conquistou fama mundial com os sucessos "Material Girl" e "Crazy for You". Em Julho do mesmo ano estreia o filme Desesperadamente à procura de Susan, no qual Madonna ofuscou a protagonista, Rosanna Arquette. A 13 de Julho de 1985, participa da edição do Live Aid, evento organizado por Bob Geldof, que pretendia angariar fundos para resolver a crise de fome que se vivia na Etiópia. Também nesse ano, Madonna casa-se com Sean Penn (no dia do seu vigésimo sétimo aniversário) e estreia a sua primeira digressão nos Estados Unidos e Canadá, a The Virgin Tour.

No começo de 1986, Madonna iniciou uma colaboração com Patrick Leonard que se prolongaria até finais da década de oitenta e da qual nasceram muitas das canções mais conhecidas da artista. Em Agosto de 1986 foi lançado o disco True Blue, que vendeu 7 milhões de cópias só nos Estados Unidos. Em Novembro do mesmo ano surge o seu segundo filme, "Shanghai Surprise", que não teve um sucesso de audiências e de crítica semelhante ao que Madonna encontrou com o primeiro.

Apesar do fracasso cinematográfico, em 1987 Madonna protagoniza o filme "Quem é essa garota?", no qual interpreta uma ex-presidiária. Sai na sua primeira digressão mundial com o mesmo nome ("Who´s that girl Tour"). Madonna passa a maior parte do ano de 1988 a ensaiar e a trabalhar no seu primeiro papel no mundo do teatro, na peça "Speed:the plow", para a qual é convidada como protagonista pelo dramaturgo e cineasta David Mamet. Em Dezembro desse ano, Madonna pede o divórcio de Sean Penn.

Em 1989, é lançado o disco Like a Prayer, aclamado pela crítica, que sempre se tinha mostrado relutante em relação a Madonna. Nele juntavam-se elementos da música pop, dance e rock. O videoclip da faixa título do disco gerou polémica pelo facto de a artista se envolver romanticamente com um santo negro em uma igreja, com referências a símbolos do catolicismo, como os estigmas de Cristo. Além de dançar sensualmente com cruzes queimando ao fundo, numa alusão ao Ku Klux Klan, o vídeo da canção acabou por motivar os executivos da marca de refrigerantes Pepsi a cancelar um anúncio que a cantora gravou com a canção como banda sonora. Contudo, Madonna não foi obrigada pela marca de refrigerantes a devolver os cinco milhões de dólares que recebeu segundo o estabelecido no contrato. Outros sucessos do álbum Like a Prayer foram " Express Yourself" e " Cherish".

Em 1990 Madonna regressou ao mundo do cinema com o filme Dick Tracy, no qual desempenhou o papel de Breathless Mahoney, lado a lado com o actor Warren Beatty, com quem manteve uma relação amorosa. O filme foi acompanhado por uma banda sonora, o disco I'm Breathless: Music from and Inspired by the Film 'Dick Tracy', onde foi também incluída a canção "Vogue". Uma das canções do disco, "Sooner or Later (I Always Get My Man)" ganhou o Oscar de melhor canção original e foi interpretada por Madonna na cerimónia de entrega dos prémios em 1991. O seu acompanhante naquela noite foi ninguém menos que Michael Jackson.

No final do ano, Madonna lançou a sua primeira colectânea de sucessos, The Immaculate Collection. Além de quinze sucessos dos anos 80, Madonna incluiu duas novas canções, "Justify My Love" (escrita e produzida em parceira com Lenny Kravitz) e "Rescue Me".

O videoclip de "Justify My Love" foi banido na MTV devido ao seu conteúdo erótico. A gravadora de Madonna decidiu lançá-lo comercialmente, tornando-se o primeiro vídeo single já lançado (no formato VHS) e vendendo mais de 400.000 cópias apenas nos EUA.

Em 1991, Madonna lançou o documentário "Truth or Dare" (título nos EUA)/"In Bed with Madonna" (título internacional) ("Na Cama com Madonna") no Festival de Cinema de Cannes, no qual se mostravam os bastidores da digressão mundial "Blond Ambition Tour".

A 21 de Outubro de 1992, Madonna lançou o livro Sex, um trabalho com fotografias de Steve Meisel, onde a cantora surge na maioria das imagens nua, sozinha ou com celebridades como Isabella Rossellini, Naomi Campbell e o rapper Vanilla Ice, em situações que retratavam fantasias eróticas da cantora (algumas das quais de carácter sadomasoquista, voyeur, lésbico e pansexual). Imagens como a da cantora pedindo carona em estradas americanas, exibindo o seu recente dente de ouro, chicotes, correntes e máscara e unhas negras acabaram por contribuir para o período mais escandaloso da sua carreira. Ainda no mesmo ano, lança um novo disco, Erotica, de onde foram extraídos novos sucessos, como "Deeper and Deeper", "Rain" e a própria faixa título, de novo acompanhada por um video controverso devido ao seu conteúdo erótico. No ano seguinte a cantora visitaria pela primeira vez o Brasil com a sua digressão "The Girlie Show", com espectáculos esgotados nos estádios do Morumbi (São Paulo) e do Maracanã (Rio de Janeiro).

Depois da controvérsia, Madonna volta ao público com um novo álbum, dessa vez mais calmo e romântico. Bedtime Stories é lançado em 1994 com grandes sucessos como "Secret", "Take a Bow", "Bedtime Story", e uma canção na qual a artista se dirige a todos os que a criticaram anteriormente, "Human Nature" (onde canta Ops, eu não sabia que não poderia falar de sexo, não estou arrependida, é a natureza humana).

Em 1995, foi lançada a primeira colectânea romântica, Something to Remember, com as baladas mais famosas e faixas inéditas: "You'll see", "One More Chance", "I Want You".

Em 1996, Madonna ficou grávida do seu treinador pessoal, Carlos León. No dia 14 de Outubro daquele ano, deu à luz a sua filha, Lourdes Maria Ciccone Leon, que Madonna trata por "Lola". A escolha do nome Lourdes esteve relacionada com o facto da mãe de Madonna ter recebido durante a sua doença pequenas garrafas de água do santuário católico de Lourdes, em França.

Em seguida Madonna protagonizou o filme mais marcante da sua carreira, Evita, no qual encarnou a ex-primeira-dama argentina Eva Perón. O filme concorreu a várias indicações de prémios de cinema, como o Oscar e os Globos de Ouro. Madonna venceu o Globo de Ouro pelo seu desempenho e um Oscar de melhor canção original por You must love me, escrita especialmente para o filme.

Em 1998, depois de quatro anos sem lançar um álbum inédito, Madonna reaparece aparentemente mais madura, com um estilo musical novo. O álbum Ray of Light reflecte influências da música techno com toques de guitarra e violão em camadas de produção do estilo chamado ambient, misturados com uma estética de cunho místico extraída de religiões como o hinduísmo e budismo, bem como da tradição mística do judaísmo, a Cabala, da qual se tornou uma estudiosa. As letras revelam-se mais pessoais e a voz de Madonna, depois da experiência musical de Evita, mostra mais afinação, vibração e visceralidade em contraste com o seu timbre anterior, sem potência e infantil. Ray of Light, disco cujo principal produtor foi William Orbit, foi o álbum mais aclamado pela crítica depois de Like a Prayer. Com ele, Madonna ganhou vários prémios, entre os quais quatro Grammys. "Frozen", "Ray of Light", "The Power of Goddbye" e "Nothing Really Matters" (em cujo video a cantora retrata as gueixas do romance que daria origem ao filme Memórias de uma Gueixa) foram os sucessos mundias.

Também em 1998, Madonna acompanhou a Copa do Mundo de 1998 de futebol. O jogador chileno Iván Zamorano despertou a sua atenção a ponto de ela o referir como " símbolo sexual da Copa do Mundo".

Em 1999, foi sucesso a canção "Beautiful Stranger", da trilha-sonora do filme "Austin Powers: The Spy Who Sagged Me", vencedora da categoria de melhor vídeo de banda-sonora no Video Music Awards da MTV.

Em 2000, lançou Music, ainda com influências electrónicas, porém numa estética country. Music fica no topo das tabelas de venda mundiais por várias semanas, e a faixa título é considerada um dos maiores sucessos da carreira da cantora, tendo-se tornado o décimo segundo single a atingir o primeiro lugar das tabelas de vendas. Do álbum foram retirados mais dois singles, "Don´t Tell Me" e "What It Feels Like For a Girl".

A 22 de Dezembro do mesmo ano, Madonna casa com o realizador de cinema inglês Guy Ritchie no Castelo Skibo na Escócia. Na mesma ocasião foi baptizado o filho do casal, Rocco.

Em 2001, Madonna lançou-se numa digressão mundial denominada "Drowned World Tour". No mesmo ano a Enciclopédia Britânica anunciou que passaria a incluir o verbete "Madonna" em futuras edições da obra por considerar a artista um ícone da cultura pop contemporânea.

Em 2003, influenciada pelo clima de pré-guerra entre os Estados Unidos e o Iraque, lança American Life, um álbum com uma mensagem mais política e crítica, em cuja capa e encarte Madonna se inspira em Che Guevara. O vídeo do seu primeiro single, "American Life", foi proibido de passar na televisão um dia após o lançamento pela própria cantora, alegando respeito aos soldados da guerra. Nessa versão do vídeos, ela (de um tanque de guerra sobre uma passarela de desfiles de moda com um fundo projectando fogo) atira uma granada a um sósia de George W. Bush, presidente dos Estados Unidos, que a utiliza para acender um charuto, sem contar o inusitado rap condenando a obsessão por fama e fortuna da canção. Dias após a proibição, Madonna lançou uma segunda versão do vídeo, na qual aparecem bandeiras de vários países ao fundo, fazendo do vídeo algo mais pacífico. American Life é o grande fracasso da carreira de Madonna, se considerarmos os baixos índices de vendas. Apesar das vendas fracas, a faixa título, Love profusion e Hollywood destacam-se nas tabelas musicais deste período. Esta última canção foi interpretada por Madonna na cerimónia dos "MTV Video Awards", numa versão "remix", acompanhada por Britney Spears e Christina Aguilera. Vestidas de noivas, as duas jovens artistas recriaram a actuação de Madonna de há vinte anos atrás com "Like a Virgin", tendo Madonna assumido a personagem de noivo, com a participação da rapper Missy Elliot. Nesta ocasião Madonna beijou as duas cantoras na boca, um acto que alguns intepretaram como uma referência de apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, um tema controverso na época nos Estados Unidos. Madonna e Britney viriam ainda a colaborar numa canção, "Me Agaisnt The Music", incluída no álbum "In The Zone", de Spears.

Durante o ano de 2004, Madonna embarcou numa digressão mundial chamada Re-Invention Tour, na qual interpretou grandes sucessos da sua carreira. A digressão terminou na cidade de Lisboa, com dois dias de espectáculos no Pavilhão Atlântico, a 13 e a 14 de Setembro. Foi gravado um novo documentário, I´m Going to Tell you a Secret, sobre a digressão e a vida pessoal de Madonna. Previa-se que o documentário fosse apresentado em festivais de cinema (como o de Cannes ou de Veneza) durante 2005, mas foi rejeitado. O documentário acabou por ser apresentado em vários canais de televisão no Outono de 2005.

Em Novembro de 2005 Madonna lançou o seu novo disco, Confessions on a Dance Floor, que, segundo a crítica, é um dos melhores álbuns da sua carreira. O disco acabou por aparecer na internet antes do lançamento oficial, o que deixou a cantora descontente. O álbum, de estilo marcadamente electrónico com influências de house e disco, foi produzido por nomes como os suecos Bloodshy & Avant, Mirwais e principalmente por Stuart Price, além da própria Madonna. O primeiro single e faixa de abertura do disco, Hung Up, contém "samples" da canção Gimme Gimme Gimme dos ABBA, tendo tido a sua primeira apresentação internacional a 3 de Novembro de 2005 na gala dos Prémios MTV Europa em Lisboa. Em Março de 2006 foi lançado o segundo single do álbum, " Sorry". Seguiu-se " Get Together" em Junho, e " Jump!", no Outono de 2006.

Madonna iniciou uma digressão mundial na qual interpretrou temas do seu mais recente disco e clássicos retrabalhados aos quais deu um toque "disco". A digressão começou no dia 21 de Maio em Los Angeles, passando por outras cidades da América do Norte e pela Europa, antes de terminar no Japão. O estilista francês Jean-Paul Gaultier desenhou os figurinos que a artista e os dançarinos usaram nos espectáculos, segmentados em quatro blocos: "Equestre", "Acústico", "Médio Oriente" e "Disco". A digressão veio a ser a de maior sucesso de uma artista feminina, arrecadando um recorde de US$199.754.447,00 e um público de 1.808.957 de pessoas, em apenas 60 espectáculos, todos lotados e esgotados.

Ainda em 2006, Madonna entrou para o Guinness como a cantora mais bem paga do mundo por ter ficado 150 milhões de dólares mais rica em 2005.

Madonna empresta também a sua voz à personagem da Princesa Selenia no filme de animação Arthur and the Minimoys, do realizador Luc Besson, que estreou nos cinemas em finais de 2005.

A 10 de Outubro de 2006 Madonna iniciou o processo legal de adopção de David Banda, um menino natural do Malawi (nascido a 24 de Setembro de 2005) que conheceu durante uma visita ao país. A criança saiu do Malawi a 18 de Outubro de 2006 com destino à residência de Madonna em Londres.

O DVD The Confessions Tour foi lançado mundialmente no dia 29 de Janeiro de 2007. O DVD inclui o espectáculo completo da digressão e um CD com algumas canções em versão ao vivo. Atingiu o primeiro lugar nas tabelas de países como Itália, México, China, Rússia, França, Portugal e Brasil.

Em Fevereiro de 2007, Madonna foi escolhida como cara da campanha da marca sueca de roupas H&M - uma campanha internacional milionária, onde foi lançada uma linha exclusiva de roupas e acessórios desenhados por ela mesma, chamada "M by Madonna". Fotografada por Steven Klein, a campanha teve lançamento comercial a partir de Março de 2007. A Linha de Roupas "M" by Madonna bateu recordes de vendas, com 15 Milhões na primeira semana de lançamento.

Além disso, a cantora recebeu um Grammy por "Melhor Álbum Dance/Electrónico" com Confessions On A Dance Floor.

Em Março de 2007, Madonna foi a protagonista da campanha promocional de um projecto arquitectónico de luxo na baía de Tóquio, cujo nome é Brillia Mare Ariake. As fotos da campanha e os anúncios de TV foram feitos por Steven Klein

Madonna lançou a música Hey You em 2007 como colaboração para o evento músical Live Earth, que visou sensibilizar o mundo para os problemas da pobreza e do aquecimento global. O download ficou disponível temporariamente no site oficial do concerto, tendo mais de 1 milhão de acessos apenas para baixar a música.

No dia 15 de Junho de 2007, a revista Forbes publicou a sua lista anual das celebridades mais poderosas do mundo. A lista é feita considerando a popularidade do artista nos meios de comunicação e a facturação anual do mesmo. Madonna surge em 2º lugar devido à facturação de 200 milhões de dólares com a sua última digressão Confessions Tour e por ocupar o primeiro lugar em notícias da internet. Ficou apenas atrás de Oprah Winfrey. A lista inclui outros nomes da música, como Elton John (7º), Jay-Z (9º), Bon Jovi (18º), Celine Dion (20ª), U2 (22º) ou 50 Cent (32º).

Em Julho de 2007, a cantora rouba a cena no evento Live Earth cantando Hey You, Ray Of Light, La Isla Bonita e Hung Up. Madonna domina os media, aparecendo em várias revistas e jornais que não deixam de elogiar a boa forma da Rainha da Pop.

Após muita especulação, no dia 16 de Outubro a cantora assina com a Live Nation, deixando de lado a Warner Music. A Live Nation, especializada em digressões e eventos ao vivo, criou uma gravadora para abrigar o mega conglomerado multimédia que é Madonna. O novo contrato tem duração de 10 anos e inclui a exploração sem limites da marca Madonna. O valor do contrato é estimado em 120 milhões de dólares. Madonna também detem ações da Live Nation como sócia maioritária.

Em Fevereiro de 2008, a imagem de Madonna é usada na Campanha da "SunSilk" (Unilever) uma linha de produtos para cabelos. Madonna ficou 15 milhões de dólares mais rica emprestando a sua imagem em cenas de arquivo fotográfico e por um trecho da música de "Ray of Light", usadas mundialmente na campanha dos produtos de cabelos.

Depois de realizar o anúncio de TV da H&M, Madonna também decidiu dirigir a sua primeira curta-metragem, intitulada "Filth and Wisdom", que conta com actuações de Elliot Levey e Richard E.Grant.

A 29 de Abril de 2008, Madonna lançou o álbum Hard Candy. O novo disco tem uma sonoridade nova, com ligações ao R&B e Hip-Hop mesclados ao Pop e Dance num estilo que lembra os anos 80, e entre os colaboradores da produção estão Timbaland, Justin Timberlake (que canta com ela a faixa de êxito "4 Minutes", Pharrell Williams. O vídeo de "4 Minutes", primeiro single extraído deste trabalho, foi dirigido pela dupla Jonas&François.

Cinema


Madonna é também realizadora de cinema. A estreia do seu primeiro filme, "Filth and Wisdom" aconteceu no Festival de Cinema de Berlim, o Berlinale, em Fevereiro de 2008. Filth and Wisdom conta a história de um imigrante ucraniano que chega a Inglaterra com pretensões de se transformar em estrela global. Madonna havia dito que era baseado na sua própria chegada à fama. Dirigido, produzido e co-escrito por Madonna, o filme é protagonizado por Eugene Hutz, que divide a cena com Holly Weston, Vicky McClure, Richard E. Grant, Stephen Graham, Inder Manocha, Shoby Kapoor. A presença de Madonna no Festival de Cinema Berlim para a exibição de "Filth and Wisdom" gerou grande expectativa e um alvoroço sem precedentes nas edições do evento.

Alguns trabalhos produzidos por Madonna:

Videografia


Madonna é conhecida pelos seus inúmeros videoclips. Segue-se uma listagem completa com todos, desde 1982 até a data presente:

Ano | Título | Álbum/Filme | Diretor


1982 "Everybody" - Madonna - Ed Steinberg
1983 "Burning Up" - Madonna - Steve Barron
1983 "Holiday" - Madonna - Curtis Hudson
1984 "Borderline" - Madonna - Mary Lambert
1984 "Lucky Star" - Madonna - Arthur Pierson
1984 "Like a Virgin" - Like a Virgin - Mary Lambert
1984 "Material Girl" - Like a Virgin - Mary Lambert
1985 "Crazy for You" - Vision Quest - Harold Becker
1985 "Gambler" - Vision Quest - Harold Becker
1985 "Into the Groove" - Desperately Seeking Susan - Doug Dowdle
1986 "Live to Tell" - True Blue - James Foley
1986 "Papa Don't Preach" - True Blue - James Foley
1986 "True Blue" - True Blue - James Foley
1986 "Open Your Heart" - True Blue Jean-Baptiste Mondino
1986 "La Isla Bonita" - True Blue - Mary Lambert
1987 "Who's That Girl" - Who's That Girl - Peter Rosenthal
1989 "Like a Prayer" - Like a Prayer - Mary Lambert
1989 "Promise to Try" - Like a Prayer - David Fincher
1989 "Express Yourself" - Like a Prayer - David Fincher
1989 "Cherish" - Like a Prayer - Herb Ritts
1989 "Oh Father" - Like a Prayer - David Fincher
1989 "Dear Jessie" - Like a Prayer - Derek Hayes
1990 "Vogue" - I'm Breathless - David Fincher
1990 "Justify My Love" - The Immaculate Colle. - Jean-Baptiste Mondino
1992 "This Used to Be My..." - A League of Their Own - Alek Keshishian
1992 "Erotica" - Erotica - Fabien Baron
1992 "Deeper and Deeper" - Erotica - Bobby Woods
1993 "Bad Girl" - Erotica - David Fincher
1993 "Fever" - Erotica - Stephane Sednaoui
1993 "Rain" - Erotica - Mark Romanek
1994 "Secret" - Bedtime Stories - Melodie McDaniel
1994 "Take a Bow" - Bedtime Stories - Michael Haussman
1994 "Bedtime Story" Bedtime Stories - Mark Romanek
1994 "Human Nature" Bedtime Stories - Jean-Baptiste Mondino
1995 "I Want You" - Something to Remember - Earle Sebastian
1995 I'll Remember - Something to Remember - Alek Keshishian
1995 "You'll See" - Something to Remember - Michael Haussman
1996 "Love Don't Live Here Anymore" - Something to Remember - Jean-Baptiste Mondino
1996 "You Must Love Me" - Evita - Alan Parker
1996 "Don't Cry for Me Argentina" - Evita - Alan Parker
1997 "Another Suitcase in Another Hall - Evita - Alan Parker
1998 "Frozen" - Ray of Light - Chris Cunningham
1998 "Ray of Light" - Ray of Light - Jonas Åkerlund
1998 "Drowned World/Substitute For Love" - Ray of Light - Walter Stern
1998 "The Power of Good-Bye" - Ray of Light - Matthew Rolston
1999 "Nothing Really Matters" - Ray of Light - Johan Renck
1999 "Beautiful Stranger" - Austin Powers - Brett Ratner
2000 "American Pie" - Music - Philip Stolzl
2000 "Music" - Music - Jonas Åkerlund
2000 "Don't Tell Me" - Music - Jean-Baptiste Mondino
2001 "What It Feels Like for a Girl" - Music - Guy Ritchie
2001 "GHV2 Megamix" - GHV2 - Dago Gonzalez
2002 "Die Another Day" - Die Another Day - Traktor
2003 "American Life " - American Life - Jonas Åkerlund
2003 "Hollywood" - American Life - Jean-Baptiste Mondino
2003 "Love Profusion" - American Life - Luc Besson
2005 "Hung Up" - Confessions on a Dance Floor - Johan Renck
2006 "Sorry" - Confessions on a Dance Floor - Jamie King
2006 "Get Together" - Confessions on a Dance Floor - Logan
2006 "Jump" - Confessions on a Dance Floor - Jonas Åkerlund
2007 "Hey You" - Live Earth - J. Söderberg & M. LindkvistA
2008 "4 Minutes" - Hard candy - Jonas & François


[editar] Livros

A Voz


Madonna possui um alcance vocal de 3,5 oitavas.

A sua extensão vocal é Soprano.

Nota mais longa: 17s em Melisma na perfomance de Ray of Ligth no Live8 de 2005, que também contém uma de suas notas mais altas no final da mesma apresentação. Mesmo sendo Soprano Madonna consegue manter a harmonia cantando em outras escalas como a contralto e a mezzosoprano. São exemplos de músicas como Contralto: Rain, Secret, Live to Tell, Love don't live Here anymore e You'll See. E como Mezzosoprano: Holiday, American Pie.

Retirado de Sapo Saber a 24-03-2011

Comentários