Pessoa

José Pedro Gomes

  • PT

José Pedro Gomes (Lisboa, 28 de Dezembro de 1951) é um actor, autor e encenador português.

José Pedro Gomes (Lisboa, 28 de Dezembro de 1951) é um actor, autor e encenador português.

Recebe a sua formação no Théâtre du Soleil (1970), no Teatro da Cornucópia, com professores da Bristol Old Vic School (1981) e com Polina Klimovitskaia (1991), na Fundação Calouste Gulbenkian.

Inicia a sua actividade profissional em 1976, tendo trabalhado em vários grupos como o Teatro Proposta, com Fernando Gusmão; Teatro da Graça, com Carlos Fernando; Teatro da Cornucópia, com Antonino Solmer e Luís Miguel Cintra; Teatro O Bando, com Horácio Manuel e João Brites; Teatro Aberto, com Norberto Barroca e João Lourenço; Comuna - Teatro de Pesquisa, com João Mota. Trabalhou com Ricardo Pais no Centro Cultural de Belém e com Adriano Luz e António Feio no Teatro Nacional D. Maria II. Actualmente é presença regular no Teatro Villaret onde, sob a direcção de António Feio, tem participado em peças como Arte de Yasmina Reza (2001/02), Deixa-me Rir de Alistair Beaton (2003/04) ou 2 Amores de Ray Cooney (2006/07). Criou, interpretou e encenou Coçar - onde é preciso, apresentado no Teatro Armando Cortez em 2005.

Trabalhou em televisão, nomeadamente em séries e telefilmes. Trabalhou com Herman José em Casino Royal (1989), Crime na Pensão Estrelinha (1987), Herman Enciclopédia (1997), Herman 98 (1998), Herman 99 (1999), O Lampião da Estrela (2000); participou em telefilmes de Luís Filipe Costa, Claude Guillemot, Margarida Gil; popularizou-se ao lado de António Feio em Conversa da Treta, transportada depois para o teatro e para a rádio. Fez uma participação especial na novela da SIC Resistirei, no papel de "Vicente Paixão".

No cinema participou em filmes de Manuel Mozos, Margarida Cardoso, José de Pina, José Sacramento, Leonel Vieira, entre outros.

Na rádio é autor intérprete da crónica semanal Os Cromos TSF ( TSF).

Retirado de Sapo Saber a 01-11-2009

Comentários