Pessoa

Maurice Ronet

Maurice Robinet

  • FR

  • Nasceu a 13 de Abril de 1927

  • Faleceu a 14 de Março de 1983

Maurice Ronet (Nice, 13 de Abril de 1927 — Paris, 14 de Março de 1983) foi um actor e director de cinema francês.

Maurice Ronet (Nice, 13 de Abril de 1927 — Paris, 14 de Março de 1983) foi um actor e director de cinema francês.

Foi um dos actores favoritos dos directores de um dos movimentos renovadores do cinema do pós-guerra, a chamada Nouvelle Vague, com seu tipo urbano, sofisticado - no caso de Feu Follet (br: Trinta anos esta noite, 1963) - amargurado e descrente.

Estreou no cinema logo após o fim da segunda guerra mundial, em Rendez-vous de juillet (1949). Começou a ficar conhecido do público brasileiro com uma co-produção franco- grega, dirigida por Jules Dassin, Celui qui doit mourir (br: Aquele que deve morrer, 1957). Estava ao lado de Jeanne Moreau em um dos filmes seminais da nouvelle vague, Ascenseur por l'échafaud (br: Ascensor para o cadafalso, 1957), de Louis Malle.

Já era uma estrela quando filmou, no ano seguinte, ao lado de Alain Delon, o homoerótico Plein soleil (br: O sol por testemunha, 1960), de René Clement, baseado no Romance The Talented Mr. Ripley, da escritora estadunidense Patricia Highsmith.

A sua interpretação mais contida é, também a mais magistral: o papel do viciado que sai do sanatório e visita cada amigo e cada canto de Paris, em busca de uma razão para continuar vivo, em Feu Follet, também dirigido por Louis Malle.

Adaptado de Sapo Saber a 05-03-2010

Comentários