Pessoa

Philippe Noiret

Philippe Noiret

  • FR

  • Nasceu a 01 de Outubro de 1930

  • Faleceu a 23 de Novembro de 2006

Philippe Noiret (Lille, 1 de Outubro de 1930 — Paris, 23 de Novembro de 2006) foi um actor francês. Recebeu dois prémios César e é sobretudo reconhecido pela sua participação no filme Cinema Paradiso de Giuseppe Tornactor...

Philippe Noiret (Lille, 1 de outubro de 1930 — Paris, 23 de novembro de 2006) foi um actor francês. Recebeu dois prémios César e é sobretudo reconhecido pela sua participação no filme Cinema Paradiso de Giuseppe Tornactore.

Biografia


Depois de uma vida académica bastante pífia, Noiret começou como actor de teatro e comediante de cabaré nos anos 1950. Em 1953 foi convidado pela directora Agnès Varda para actuar em um papel cinematográfico, ao qual se seguiram muitos filmes até que, em 1966, ele passou a se dedicar exclusivamente ao cinema.

Noiret foi um dos actores mais requisitados do cinema italiano e francês. Actuou em mais de 150 filmes ao longo de cinco décadas, ganhando notoriedade após os sessenta anos de idade onde além de " Cinema Paradiso", do director Giuseppe Tornactore (1991), fez também "O Carteiro e o Poeta, de Michael Radford (1994), onde interpretou o poeta Pablo Neruda.

Noiret foi contemplado com dois prémios César - o Óscar francês - de melhor actor, em 1976 por "O Velho Fuzil", de Robert Enrico, e em 1990 por "A Vida e Nada Mais", de Bertrand Tavernier, um de seus parceiros mais frequentes.

Entre os directores célebres com quem trabalhou incluem-se Alfred Hitchcock em "Topázio", Marco Ferreri em "A Comilança", Phillippe de Broca em "O Corcunda", Francesco Rosi em "Esquecer Palermo" e "Três Irmãos", Mario Monicelli em "O Quinteto Irreverente", Louis Malle em "Zazie no Metrô" e Valerio Zurlini em "Deserto dos Tártaros".

O actor morreu em Paris, aos 76 anos, de câncer no dia 23 de Novembro de 2006.

Retirado de Sapo Saber a 18-05-2010

Comentários