Pessoa

Thea von Harbou

Thea Gabriele von Harbou (27 de dezembro de 1888 — Berlim, 1 de julho de 1954) foi uma actriz e escritora alemã.

Thea Gabriele von Harbou (27 de dezembro de 1888 — Berlim, 1 de julho de 1954) foi uma actriz e escritora alemã.

Nasceu em uma família da aristocracia prussiana. Em 1905 publicou seu primeiro Romance na Deutsche Roman-Zeitung. Em 1906 iniciou a carreira de actriz em Düsseldorf, depois se mudando para Weimar ( 1908), Chemnitz ( 1911) e Aachen ( 1913). Em Aachen conheceu o seu primeiro marido, Rudolf Klein-Rogge, com quem se casou em 1914.

Em 1920, escreveu seu primeiro roteiro, " Das Indische Grabmal" ("Mistérios da Índia"), junto com Fritz Lang. Lang tornou-se o seu segundo marido em 1922 e, nos anos seguintes, os dois escreveram várias roteiros juntos, como o de " Metropolis" e " M". Separaram-se em outubro de 1931 e se divorciaram em 1933.

Em 1932, um ano antes de Adolf Hitler chegar ao poder, ela entrou para o Partido Nazista. Supõe-se que tal ato tenha acelerado o seu divórcio com Fritz Lang, que deixou a Alemanha em 1934, depois que seu filme " Das Testament des Dr. Mabuse" foi declarado ilegal pelos nazistas, que detectaram a presença de uma certa crítica ao governo nazista.

Harbou escreveu o roteiro de " Der Herrscher" em 1937, dirigido por Veit Harlan. O filme celebrava a obediência incondicional às autoridades, eventualmente encontrando recompensa na vitória.

Quando a Segunda Guerra Mundial terminou, Thea foi detida pelos britânicos e realizou alguns trabalhos como limpar o entulho criado pelos bombardeios. Depois que conseguiu permissão para trabalhar, escreveu mais alguns roteiros e fez sincronização de alguns filmes.

Retirado de Sapo Saber a 28-03-2011

Comentários