Pessoa

Tim Burton

Timothy William Burton

  • US

  • Nasceu a 25 de Agosto de 1958

Timothy William Burton (Burbank, 25 de Agosto de 1958) é um cineasta norte-americano.

Timothy William Burton (Burbank, 25 de Agosto de 1958) é um cineasta norte-americano.

Trabalha usualmente com temáticas sombrias, chamando para o elenco na maior parte das vezes o actor Johnny Depp. Amante dos grandes nomes dos filmes de terror, já realizou projectos sobre Ed Wood e chamou para protagonizar os seus trabalhos os conhecidos actores de filmes de terror: Vincent Price e Christopher Lee.

Burton é o primeiro dos dois filhos de Bill Burton e Jean Erickson. Burton descreveu a sua infância como peculiar, imaginativa e perdida em seus próprios pensamentos. Ele achava a vida doméstica e a escola difícil, participava de um grupo chamado OW SHIT STUDIOS (O.S.S) e fugia da realidade do quotidiano lendo livros sombrios de Edgar Allan Poe e assistindo a filmes de terror de baixo-orçamento, que mais tarde homenagearia na sua biografia de Edward D. Wood, Jr. Outra figura cinematográfica de importância na infância de Burton é Vincent Price, cuja filmografia influenciaria a carreira do realizador.

Após o colégio, ganhou uma bolsa da Disney para estudar no Instituto das Artes da Califórnia em Valencia, Califórnia. Ele estudou Animação por três anos e foi então contratado pelo Walt Disney Studios como aprendiz de animador. Trabalhou no desenho The Fox and the Hound, mas estava insatisfeito com a direcção artística do filme. Mesmo assim, foi no período que trabalhou na Disney que Tim Burton criou e dirigiu a sua primeira curta-metragem Vincent, com o personagem principal baseado no actor Vincent Price. Mais tarde, o realizador trabalhou na sua segunda curta-metragem Frankeweenie, que conta a história de um menino que ressuscita o seu cachorro. Mesmo com enredos pouco infantis, Tim Burton teve espaço para criar o poema e as ilustrações que seriam a base para O Estranho Mundo de Jack, um dos seus maiores sucessos.

Burton conciliou o seu apego ao horror com sua habilidade para a comédia três anos depois em Os Fantasmas Divertem-se ( Beetlejuice). Foi com esse filme que o diretor finalmente se destacou e foi chamado para realizar uma super-produção: Batman, em 1989, que mais tarde teria a continuação Batman - O Retorno ( Batman Returns), também com a direcção de Tim Burton. Com a carreira em alta, o cineasta resolveu filmar o seu projecto pessoal intitulado Edward Mãos de Tesoura ( Edward Scissorhands), sobre um rapaz que tem tesouras no lugar das mãos. Para o projecto, Tim Burton chamou o actor Johnny Depp, que seria o seu maior colaborador durante a carreira do cineasta. Depp seria novamente chamado, dessa vez para estrelar a cine-biografia de Ed Wood, considerado o pior realizador de todos os tempos.

Após esse período, o realizador passou por filmes que pouco renderam, como Marte Ataca! ( Mars Attacks!) e Planeta dos Macacos ( Planet of The Apes). Tim Burton melhorou a sua carreira em 1999 após lançar o filme A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça ( Sleepy Hollow), sobre uma cidadezinha que sofre uma série de assassinatos. A carreira continuou em alta depois de Big Fish - O Grande Peixe Grande ( Big Fish). Mais tarde, Burton voltaria à animação stop-motion com A Noiva Cadáver ( Corpse Bride). Nessa época, o realizador regravou um clássico dos anos 60, Charlie e a Fábrica de Chocolate ( Charlie and the Chocolate Factory), novamente com a participação do actor Johnny Depp.

Tim Burton vive com a actriz Helena Bonham Carter e tem dois filhos com ela: Billy de 4 anos, e recentemente o casal teve uma menina, chamada Nell.

Apesar de, segundo a sua mulher, Tim não gostar de musicais, ele dirigiu o filme, Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, que foi bem recebido pela crítica, sendo nomeado para os Óscares 2008 em algumas categorias, ganhando a categoria Direcção de Arte, graças ao belíssimo trabalho do realizador. A paixão pela versão original do musical para teatro, segundo Helena Bonham Carter foi uma das coisas que os dois tinham em comum e que ajudou a uni-los.

Actualmente, Tim Burton está trabalhando no filme Alice no País das Maravilhas que será produzido pela Disney, e que conta com um excelente elenco de renomeados nomes, como o amigo do realizador, Johnny Depp,a sua esposa Helena Bonham Carter e a actriz Anne Hathaway.

Em 1997, escreveu "O Triste Fim do Pequeno Menino Ostra e Outras Histórias", que ganhou edição brasileira apenas em Julho de 2007.

Apesar de ser infantil, o livro tem cenas de violência familiar, suicídio, sexo não-explícito e traição extraconjugal (o amante da adúltera é um ferro de engomar). Também não cabe aos poemas, finais felizes. O caso do Pequeno Menino Ostra é modelar. O poema dedicado a contar seu triste fim ( depois do seu triste início, já rejeitado pela mãe por cheirar "a oceano e alga marinha"), fala de um pai com disfunção eréctil avisado por um médico de que comer ostras propicia "um desempenho sexual extra".

O show de aberrações é típico de Burton, mas nem sempre são feitos apenas de desgraças; é o caso, por exemplo, do menino Brie, um menino-queijo, que encontra a amizade de um vinho.

Estranhezas à parte, o mundo do menino Ostra e sua turma é mais real do que parece.

Adaptado de Sapo Saber a 11-08-2009

Comentários