Pessoa

Zarah Leander

Sara Stina Hedberg

  • SE

  • Nasceu a 15 de Março de 1907

  • Faleceu a 23 de Junho de 1981

Zarah Leander, nasceu em Karlstad, a 15 de Março de 1907 e faleceu em Estocolmo, a 23 de Junho de 1981. Foi uma actriz e cantora sueca com imenso êxito na Europa, particularmente nos países germanófilos e escandinavos.

Zarah Leander, nasceu em Karlstad, a 15 de Março de 1907 e faleceu em Estocolmo, a 23 de Junho de 1981. Foi uma actriz e cantora sueca com imenso êxito na Europa, particularmente nos países germanófilos e escandinavos.

Biografia


Zarah Leander, nascida Zarah Stina Hedberg, em Karlstad, condado de Värmland, Suécia, filha de Lorentz Hedberg e de Mathilda Wikstroem, estudou piano e canto, tendo sido apresentada como pianista com apenas seis anos.

Em 1922 terminou os seus estudos e trabalhou como secretária e, em 1926, casou-se com Nils Leander, de quem teve dois filhos.

Em 1929 decidiu dedicar-se ao espectáculo, apresentando-se como cantora e actriz. No mesmo ano gravou o seu primeiro disco. Separada de Nils Leander, casou-se, em 1934, com o jornalista Vidar Forsell, que adoptou os seus dois filhos. Pouco tempo depois também se separam.

1930 marca o inicio da sua carreira cinematografica, com a sua participação no filme Dantes Mysterier.

Após o êxito de Dantes Mysterier foi convidada para participar na Opereta de Benatzky, em Viena, iniciando assim a sua carreira na Großdeutschland. Ainda em Viena filmou Premiere, para logo incorporar-se na Universum Film AG, onde, entre 1937 e 1943, assegurou personagens de femme fatale. O seu êxito entre o público germanófilo levou a que se tornasse na grande estrela cinematográfica da Alemanha Nazi.

A sua voz melosa e grave, aliada à sua inegável beleza, converteu-a na diva preferida dos alemães e do regime. Substituiu no imaginário popular figuras como Marlene Dietrich ou Greta Garbo, que tinham emigrado para os Estados Unidos.

Zarah Leander e Marika Rökk foram os ícones femininos do cinema alemão. Em 1943, as dificuldades económicas da UFA, obrigaram-na a regressar à Suécia, onde continuou a sua carreira profissional. Contudo, nunca recuperou o êxito dos seus anos na Alemanha, que muito a marcaram.

Em 1956 casou-se com o pianista Arne Huelphers. Faleceu em Estocolmo, vitima de um derrame cerebral, aos 74 anos.

Filmografía


Suécia 30px

Áustria 30px

Alemanha 30px

Alemanha Ocidental 30px

França 30px

Italia 30px

Retirado de Sapo Saber a 14-09-2010

Comentários