Artigo

Jardim Sagres Fest, uma entrada para o novo mundo de Ponta Delgada

Ponta Delgada está a fervilhar. O Jardim Sagres Fest, o festival de despedida do verão, é prova disso.

créditos: Carlos Melo

Ponta Delgada está a mudar e isso sente-se nas ruas onde as paredes serviram de tela de diferentes artistas de rua, nos novos lugares de encontro e nos novos rostos que estão a dinamizar a cultura da cidade. A Craca, associação cultural responsável pelo Jardim Sagres Fest, é uma das frentes dessa revolução, ao colocar o Jardim António Borges novamente no mapa da cidade.

A natureza oferece cenários perfeitos que se querem preservar.  O “verde” é símbolo de São Miguel e continuará a ser. E o “festival de todos”, que aconteceu nos dias 8 e 9 de setembro, só podia acontecer entre a natureza e no coração de Ponta Delgada, no Jardim António Borges.

Este espaço é o lugar perfeito para dar largas à imaginação e criar um ambiente para a realização do Jardim Sagres Fest: o festival para toda a família e de despedida do verão, que junta música, artes circenses, street food, artesanato e atividades para os mais os novos.

Neste ambiente, encontrámos um palco debaixo de uma árvore soberba e iluminada com tons verdes e azuis, um jardim silencioso, bambu iluminado com luz rosa, uma barbearia, cuspidores de fogo, acrobatas e palhaços a roubar gargalhadas a quem andava pelo jardim.

Parece que entramos num mundo fictício onde um jardim inanimado e personagens do nosso imaginário de repente ganham vida. Mas é o Jardim Sagres Fest, onde por detrás do bambu encontramos um barbeiro e onde observamos curiosos para o jardim silencioso, esse lugar tranquilo onde se ouve música através de headphones. Talvez não seja um mundo fantástico, mas um submundo e uma tribo que se forma em Ponta Delgada.

Amigos, famílias, casais e turistas despediram-se da estação quente a abraçar a soul com muito groove de Marta Ren & the Groosevelts e a cantar e a recordar clássicos com os Blue n’Grass. Também disseram adeus a dançar ao som eclético de quem criou os Jazzanova, o Alex Barck, e de um ex-Heróis do Mar, Rui Pregal da Cunha. Em palco também esteve uma voz micaelense, Sara Cruz, entre outros nomes, que pode ver na galeria:

As festas de despedida de verão em Ponta Delgada não terminam com o Jardim Sagres Fest.  A 16 de setembro, no Coliseu Micaelense, terá lugar a festa “Summer Off, Radio On” que recorda os maiores êxitos musicais dos anos 1970, 1980 e 1990.

No final do mês, dia 30, os HMB sobem ao palco deste Coliseu. No mesmo dia, Rita Redshoes apresenta o seu quarto álbum, “Her”, no Teatro Micaelense.

Comentários