Artigo

Joan Rivers homenageada no Museu dos Grammys

O museu dos Grammys vai inaugurar uma exposição dedicada a Joan Rivers, apresentadora de televisão e comediante que morreu em setembro de 2014.

"Joan Rivers: Can We Talk" abre a 8 de junho e vai contar com fotografias de família, coleções de livros, vários figurinos, malas de viagens e os prémios da apresentadora, revelou o Museu dos Grammy, em Los Angeles.

“É uma verdadeira honra ter o legado incrível no tributo permanente do Museu dos Grammys”, disse Melissa Rivers, filha da comediante, em comunicado. “Para ela, a comédia era música. Havia ritmo, mas em vez de notas, havia palavras. E assim como qualquer um dos seus colegas vencedores de um Grammy que estiveram em exposição neste museu, ela adorava tocar”, acrescentou a filha, que publicou um livro de memórias "The Book of Joan: Tales of Mirth, Mischief and Manipulation".

Joan Rivers morreu aos 81 anos, vítima de uma paragem cardíaca durante uma cirurgia, sendo reconhecida com o prémio póstumo pelo disco "Diary of a Mad Diva".

Comentários