Artigo

Len Wein: Hugh Jackman homenageia cocriador de Wolverine, Marvel e DC declaram luto

O autor e editor norte-americano de banda desenhada (BD) Len Wein, um dos criadores das personagens Wolverine e Monstro do Pântano, morreu no domingo aos 69 anos.

Hugh Jackman, que vestiu a pele de Wolverine em vários filmes dos X-Men e em "Logan", usou o Twitter para recordar o autor e editor. “Abençoado por ter conhecido Len Wein. Encontrei-o pela primeira vez em 2008. Disse-lhe: do seu coração, da sua mente e das mãos nasceu o maior personagem da história da banda desenha”, escreveu o ator na rede social.

A DC Comics e a Marvel também lamentaram a morte de Len Wein. "Ele escreveu e/ou editou quase todos os principais personagens da DC – existem poucas facetas do mundo da DC que Len não tocou", relembrou Diane Nelson, presidente da DC Entertainment.

“Estamos extremamente tristes por saber que Len Wein morreu e enviamos as nossas condolências para os seus amigos e a sua família. As contribuições de Len para o Universo Marvel como escritor, editor e membro da família Marvel nunca serão esquecidas”, frisou a Marvel em comunicado.

Mais discreto do que outros nomes da BD norte-americana, Len Wein estava ligado à DC Comics desde a década de 1960, tendo também colaborado com a Marvel. O norte-americano coassinou a criação de personagens como Wolverine, Tempestade, Colossus, Noturno e Pássaro Trovejante, ajudando a reformular os X-Men ao lado do artista Dave Cockrum, ou ainda o Monstro do Pântano, este último juntamente com Bernie Wrightson, autor que morreu em março passado.

Outra fase marcante do percurso de Len Wein envolveu a colaboração na saga "Watchmen", considerada um clássico da BD, na qual foi editor do argumentista Alan Moore. Para televisão, escreveu ainda argumentos para séries como "Conan", "Hulk", "Godzilla", "Beast Wars" e Ben 10".

Em 2008, o autor foi incluído no "Will Eisner Hall of fame" da banda desenhada.

Comentários