Artigo

Último adeus a Tom Petty em santuário de yoga

O velório do músico Tom Petty reuniu os seus familiares e amigos num retiro espiritual em Los Angeles, o mesmo onde o seu amigo George Harrison foi cremado há 16 anos.

Uma das filhas de Petty, AnnaKim Violette, publicou fotos da cerimónia privada, realizada na segunda-feira - duas semanas após a morte do cantor - no Santuário do Lago da Irmandade da Autorrealização.

Nos seus últimos anos de vida, o músico praticou meditação transcendental para controlar o seu vício em heroína e outras drogas.

Uma das fotos que AnnaKim Violette publicou no Instagram mostra pequenas flores sobre um tecido cinza, acompanhada da legenda "You belong somewhere you feel free" ("Pertences a algum lugar onde te sentes livre"), um dos versos da canção "Wildflowers" do artista.

Os representantes de Petty não deram detalhes sobre o funeral nem anunciaram qualquer cerimónia público para os fãs.

Tom Petty sofreu um ataque cardíaco no início de outubro. A sua morte foi confirmada pelo agente do músico depois de algumas horas de incerteza e informações contraditórias.

TO cantor nasceu a 20 de outubro de 1950 em Gainesville, na Florida, e editou o primeiro de 13 álbuns com os Heartbreakers em 1976. O mais recente, "Hypnotic Eye", data de 2014.

A solo, estreou-se com o disco "Full Moon Fever", em 1989.

Além de gravar e atuar ao lado dos Heartbreakers, fez parte dos Traveling Wilburys, superbanda que formou nos anos 1980 com Bob Dylan, George Harrison, Roy Orbison e Jeff Lynne. Também editou dois álbuns com os Mudcrutch, projeto country que antecedeu os Heartbreakers e foi retomado em 2007.

Comentários