Artigo

24 horas de Óscares no Canal Hollywood

No dia em que são anunciados os vencedores dos Óscares da Academia, o Canal Hollywood exibe uma maratona de onze filmes premiados para ver a partir das 7h00 de domingo, 22 de fevereiro.

"Moulin Rouge", o primeiro filme do especial "24 Horas de Óscares", com exibição pelas 7h00, é um moinho visual e sonoro de sumptuosidade, realizado por Baz Luhrmann, que relata este glamouroso clube parisiense, refúgio de sexo e drogas, onde um poeta inocente se apaixona por Satin, a cortesã (Nicole Kidman) mais famosa da cidade, com quem vive um trágico caso de amor ao som da música pop, rock e techno.
Considerado um dos maiores sucessos de 2003, "Moulin Rouge" marcou o regresso dos musicais na corrida aos Óscares, arrecadando oito nomeações e duas estatuetas (Melhor Direção de Arte e Melhor Guarda-Roupa). "Lady Marmalade", que contou com as vozes de Christina Aguilera, Lil Kim, Mya e Pink é um dos sucessos musicais que compõem a banda sonora do filme.

Vencedor de cinco Óscares nas categorias Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator (Dustin Hoffman), Melhor Atriz Secundária (Meryl Streep) e Melhor Argumento Adaptado, "Kramer Contra Kramer", com emissão marcada para as 9h05, é um filme clássico e intemporal que mostra o impacto de um divórcio na vida de um casal, principalmente de uma criança.
Realizado por Robert Benton, é simultaneamente o drama de um casal, a comédia dramática vivida pelo pai e a batalha dentro e fora do tribunal, mais violenta e cruel que qualquer épico bélico, mostrando silenciosamente o espelho de uma família como tantas outras…

"Braveheart – O Desafio do Guerreiro", com exibição às 10h50, é uma epopeia heróica e uma história de amor protagonizada e realizada por Mel Gibson, que teve uma vitória nos Óscares em 1995, tendo conquistado cinco prémios da Academia de Hollywood, incluindo os de Melhor Filme e Melhor Realização.
Baseado na vida lendária de Sir William Wallace, um rebelde escocês que encorajou e liderou o seu clã na luta contra a tirania do Rei Eduardo I, no século XIII, "Braveheart – O Desafio do Guerreiro" é a visão espetacular de Mel Gibson sobre este drama histórico que reconstitui sequências de batalhas da época e retrata uma história de amor em tempo de guerra.

Robin Williams, a estrela que fez rir e chorar multidões com a mesma mestria e desempenho ao longo de 30 anos de carreira, chega pelas 13h40 enquanto protagonista do drama "Para Além do Horizonte", vencedor do Óscar de Melhores Efeitos Especiais.
No filme, Chris Nielsen (Robin Williams), um pediatra morto num acidente, procura no Inferno a sua mulher Annie (Annabella Scicorra) que, inconsolável com o sucedido, e ainda abalada com a morte dos seus dois filhos, se suicida. Uma história de amor deslumbrante com o cunho do realizador neozelandês Vicente Ward.

O especial exibe pelas 15h30 "Master & Commander – O Lado Longínquo do Mundo", um filme baseado nos romances de Patrick O’Brian, realizado por Peter Weir, que mereceu o reconhecimento da crítica e a nomeação ao Óscar de Melhor Filme, que para retratar o período das guerras napoleónicas, transporta os espectadores ao ponto mais longínquo do mundo, as costas das Ilhas Galápagos.
O retrato de bravura do Capitão Jack Aubrey e a sua amizade com o cirurgião de bordo Stephen Maturin são o foco desta saga marítima que culmina com o confronto de uma fragata britânica e um grande navio de guerra francês ao largo da costa sul-americana.

"Caça ao outubro Vermelho", realizado por John McTiernan ("Assalto ao Arranha-Céus"), com exibição marcada para às 17h45, é um drama sufocante, vencedor do Óscar para Melhores Efeitos Sonoros, que conta com Sean Connery e Alec Baldwin nos principais papéis.
O governo norte-americano pensa que o Capitão Marko Ramius (Sean Connery), a bordo de um avançado submarino soviético, planeia um ataque. Apenas um analista da CIA, Jack Ryan (Alec Baldwin) tem uma ideia diferente: ele pensa que Ramius está a pensar fugir, mas tem apenas algumas horas para o encontrar e provar que tem razão.

A fotografia, o guarda-roupa e a banda sonora fazem de "Marie Antoinette", drama realizado por Sofia Coppola, emitido pelas 19h55, um dos filems de época mais peculiares dos últimos anos. O filme, vencedor do Óscar de Melhor Guarda-Roupa, centra-se na história de Marie Antoinette, princesa austríaca que chega a França, com 14 anos, para casar com o futuro rei Luís XVI e originar um herdeiro. Sozinha, sem apoio, à deriva num mundo perigoso, a jovem Marie Antoinette rebela-se contra a atmosfera isolada de Versailles e, no processo, torna-se na rainha mais incompreendida de França.

Tom Hanks, Kevin Bacon, Bill Paxton, Gary Sinise e Ed Harris compõem o elenco principal de "Apollo 13", um filme de Ron Howard, vencedor do Óscar de Melhor Banda Sonora e Melhor Edição, com emissão marcada para as 22h00, que conta a aventura de uma equipa de três astronautas numa nave avariada a mais de 350.000 mil quilómetros da Terra imersos numa desesperada batalha pela sobrevivência.

Sete anos depois da estreia do filme original em 1979, chega pelas mãos de James Cameron a sequela, "Aliens, o Recontro Final" em que Sigourney Weaver regressa como Ripley, a única sobrevivente do primeiro encontro com o mortífero Alien que, depois de ser recebida com ceticismo, é reenviada com um esquadrão de marines para investigar os desaparecimentos.
O segundo capítulo da saga, que o especial exibe às 00h20, reflete o cunho do seu realizador que impõe doses reforçadas de ação, vilões ameaçadores e efeitos especiais de excelente qualidade destacados pela atuação de Sigourney Weaver, nomeada para o Óscar de Melhor Atriz, que incorpora na personagem um lado doce e maternal.

Misturando ficção e realidade, "O Último Rei da Escócia", com exibição marcada para as 2h40 e realização de Kevin Macdonald, recria o Uganda em 1970, sob o jugo do ditador Idi Amin, interpretado por Forrester Whitaker, que somou vários prémios para Melhor Ator: Óscar, Globo de Ouro, Prémio das Associações de Críticos dos EUA.
Nicholas Garrigan (James McAvoy) é um elegante médico escocês que acaba por se tornar no médico particular de um governante, simultaneamente carismático e psicótico, conhecido como um dos mais terríveis ditadores da África. Perdido num abismo moral, o jovem médico finalmente toma uma atitude para parar aquela insanidade e lança-se numa luta desesperada pela sobrevivência.

No domingo às 04h45, o Canal Hollywood encerra este especial com a exibição de "Imperdoável", o western que conseguiu a aprovação da crítica, do público e até dos membros da academia de Hollywood, que o premiaram com quatro Óscares, incluindo os de melhor filme e melhor realizador.
Gene Hackman, Morgan Freeman e o próprio Eastwood interpretaram os papéis principais de uma história absolutamente inesquecível que gira em torno de um velho e acabado pistoleiro (Clint Eastwood) que aceita um derradeiro trabalho e acaba por ter de se assumir, por vingança, numa espécie de implacável anjo exterminador.

Comentários