Artigo

«A Guerra dos Tronos»: sede de vingança e mil perigos para Tyrion

A quarta temporada de "A Guerra dos Tronos" estreia na televisão nacional nesta terça-feira, no Syfy, às 22h20. Os novos capítulos da saga são marcados por uma "grande sede de vingança", segundo um dos seus argumentistas.

A nova temporada das aventuras de Westeros, estreada no domingo nos EUA, tem 10 episódios e termina a 15 de junho no canal norte-americano HBO.

"Algumas das cenas mais impressionantes e surpreendentes de toda a saga aparecem nesta temporada", promete David Benioff, co-argumentista com Dan Weiss. A expectativa é alta para uma série que já entregou numerosas cenas de decapitações, degolações e torturas num cenário complexo e amplamente aclamado pela crítica.

Inspirada na série de romances "Crónicas de Gelo e Fogo", do norte-americano George R.R. Martin, a saga narra a luta desenfreadas de várias grandes famílias pela conquista dos sete reinos de Westeros, por continentes imaginários de uma época difícil de determinar, embora muito inspirada pela Idade Média.

As rivalidades entre os poderosos complicam-se ainda mais por uma ameaça do "norte", protagonizada por criaturas zombies.

Uma história de vingança

Os Stark, Lannister, Baratheon e Targaryen tornaram-se personagens familiares para os 5,4 milhões que assistiram, só nos Estados Unidos, ao último episódio da terceira temporada, a 9 de junho de 2013. Somadas as retransmissões durante a semana, o episódio foi visto por mais de 14 milhões de pessoas. Quando a série estreou, em 2011, era vista por menos de 3 milhões de espectadores.

Segundo o site TorrentFreak, "A Guerra dos Tronos" também é a série com mais downloads ilegais, 5,9 milhões para o último episódio da terceira temporada, um título que já havia conseguido em 2012, com 4,3 milhões de downloads.

A quarta temporada será "a mais perigosa para Tyrion Lannister", interpretado por Peter Dinklage, um dos heróis mais carismáticos da série. Uma nova personagem "muito perigosa" também aparece, Oberyn Martell (Pedro Pascal). Metade do episódio será dedicado ao sumptuoso casamento do rei Joffrey (Jack Gleeson) e aos "adoráveis bebés dragões", que cresceram e deixaram de ser tão encantadores.

A série ganhou um Globo de Ouro e 10 Emmys, entre outros prémios.

A revista Vanity Fair, que apresentou na sua capa do mês de abril algumas personagens da série, afirma que o presidente Barack Obama é fã e que viu a nova temporada em primeira mão.

A 20 de março, cerca de 7 mil fãs puderam assistir ao primeiro episódio numa tela gigante do Barclays Center de Nova Iorque. Em Portugal, a antestreia decorre nos cinemas UCI el Corte Inglés, em Lisboa, nesta segunda-feira.

@AFP

Comentários