Artigo

"A Guerra dos Tronos" vai ter mortes de personagens que sobrevivem nos livros

"Há personagens que não morreram nos livros mas vão morrer na série", garante o criador da saga "A Guerra dos Tronos", George R. R. Martin, ao avançar pormenores da quinta temporada, que estreia em abril.

Durante a cerimónia dos Writers Guild of America Award, decorrida no passado sábado, o escritor dos livros que inspiraram a produção da HBO revelou que há pelo menos quatro mortes nos próximos episódios.

Para esta temporada, os criadores da série, David Benioff e D.B. Weiss, fizeram alterações mais radicais ao material de origem, com o destino de algumas personagens a avançar noutra direção. Ou a não avançar de todo. "Eles são ainda mais sangrentos do que eu", salientou Martin.

Estas declarações vão ao encontro das de Sophie Turner, atriz que interpreta Sansa Stark, personagem sujeita a uma "experiência traumática" nos próximos capítulos. "Há muitos momentos fortes, talvez até mais do que o Casamento Vermelho" e alguns serão vividos por Sansa, contou a atriz ao HuffPost Entertainment. "Ela está irreconhecível, não só pela forma como se veste mas também como pensa. Tornou-se uma grande manipuladora", assinalou ainda.

A quinta temporada da saga adapta o quarto e quinto livros de George R.R. Martin, "O Festim dos Corvos" e "A Dança dos Dragões", respetivamente. Com estreia marcada para 12 de abril na HBO, nos EUA, chega a Portugal no dia seguinte, às 22h20, no Syfy.

Recentemente foram reveladas as primeiras fotos promocionais e o primeiro trailer, assim como o documentário "Um Dia na Vida", com uma visita aos bastidores, que pode ser visto na íntegra no vídeo abaixo.

Comentários