Artigo

"Anna Karenina" é a nova aposta de domingo da RTP2

A RTP2 vai emitir, nos dias 1 e 8 de março, a história de amor de Anna Karenina, numa minissérie de dois episódios de 100 minutos.

Depois de dezenas de adaptações para o cinema e para a televisão, chega agora à televisão portuguesa a interpretação da história de "Anna Karenina", o clássico de Tolstói, numa coprodução internacional e com atores oriundos de Itália, França, Espanha e Alemanha.

Na Rússia conservadora do Séc. XIX, a aristocrata Anna Karenina rompe todas as convenções sociais da época ao abandonar o marido e o filho para seguir o seu amante, o Conde Alexei Vronsky, um bonito e misterioso oficial de carreira de origem nobre.

A história começa quando Stepan Arcadievitch Oblonsky, um príncipe chamado Stiva, é infiel à sua esposa, Dolly, e ela corre o risco de deixá-lo. Para convencê-la a ficar com ele, Stiva leva para casa a sua irmã mais nova, Anna. Os desejos de ambas as mulheres de encontrar um homem que as ame, sem se importarem com as convenções sociais, será a trama central da série.

Um amigo de infância de Stiva, Konstantin Lévin Dmitrievich, chega a Moscovo para pedir Kitty, a irmã mais nova de Dolly, em casamento, mas ela recusa porque está apaixonada pelo bonito e misterioso oficial de carreira, conde Alexei Vronsky. No entanto, os planos para se casar com ele não são bem-sucedidos, uma vez que Alexei se apaixona por Anna Karenina. Contudo, na Rússia conservadora do Séc. XIX, este é um relacionamento praticamente impossível, porque Anna é casada e tem um filho.

A minissérie é da autoria de Francesco Arlanch, realizada por Christian Duguay e interpretada por Vittoria Puccini (Anna Karenina), Santiago Cabrera (Vronsky), Benjamin (Sadler Karenin), Lou De Laage (Kitty) e Max Von Thun (Levin).

Comentários