Artigo

«Ascenção e Queda de Lance Armstrong» estreia no National Geographic Channel

"Ascenção e Queda de Lance Armstrong" pretende dar uma visão de 360º daquele que é muitas vezes apontado como o mais sofisticado esquema de doping na história do desporto. O documentário estreia no próximo domingo, 23 de junho, às 21h40, no National Geographic Channel.

Destacou-se com sete vitórias consecutivas na Volta à França entre 1999 e 2005, uma vitória contra um agressivo cancro testicular em 1996, a criação de fundações que ajudam pessoas com cancro, a angariação de fundos para pesquisa contra o cancro, ou corridas em maratonas e triatlos. Para muitos, Lance Armstrong era um verdadeiro super-herói do desporto. Com um elogiado percurso no mundo do ciclismo que o elevou a um estatuto ao alcance de poucos, Lance o atleta viu todas as suas conquistas e a confiança de muitos fãs desaparecerem ao confirmar o uso de doping, depois de anos em investigação.

Guiado pelo extensivo relatório da U.S. Anti-Doping Agency, este documentário de uma hora apresenta peças especiais e relatos de testemunhas ao mesmo tempo em que entra na ilícita e complexa ciência por detrás de todo o esquema, revelando como tudo começou e como tudo foi escondido durante anos. "Ascensão e Queda de Lance Armstrong" incluí também a análise e perspetiva de peritos nesta alegada conspiração, entre os quais Dr. Chris Cooper (autor de "Run, Swim, Throw’ Cheat: The Science Behind Drugs in Sport"), Joe Lindsey (jornalista da Bicycling Magazine), Reed Albergotti (repórter do The Wall Street Journal), Juliet Macur (repórter do The New York Times), Jeffrey Tillotson (advogado) e Stephen Swart (antigo ciclista profissional).

Os espetadores vão ter ainda a oportunidade de ver em pormenor, através dos relatórios da USADA, como é que Armstrong e os seus co-conspiradores conseguiram enganar os testes anti-doping em muitas das mais importantes corridas. Este documentário especial inclui entrevistas de Travis Tygart, o chief executive da USADA, assim como de membros do círculo de ciclistas de Lance Armstrong, como o corredor Tyler Hamilton, a assistente e massagista de equipa Emma O’Reilly e Betsy Andreu.

"Ascensão e Queda de Lance Armstrong" detalha o elaborado sistema de Armstrong e sua equipa para evitar a detenção: timings especiais para o uso de drogas e o alerta uns aos outros ou até mesmo esconderem-se dos responsáveis pela realização dos testes que lhes batem à porta.

Ou estávamos com ele [Lance] ou estávamos contra ele, disse Hamilton. Agora os espetadores podem ver como a USADA provou que Armstrong usou medidas drásticas para proteger o seu segredo e o seu legado, fazendo uso de todos os poderes ao seu alcance para silenciar e atacar os seus críticos, ao mesmo tempo que assegurava ao público e aos seus fãs que o seu sangue estava tão limpo como a sua imagem pública. Depois de anos em investigação, provas concretas começaram a surgir em 2012 quando a USADA acusou o ciclista de uso de doping, com base em amostras de sangue de 2009 e 2010 e relatos de testemunhas. Com toda a pressão, Lance Armstrong acaba por admitir publicamente em janeiro deste ano, numa entrevista a Oprah Winfrey, o uso de doping.

Comentários