Artigo

"Breaking Bad": traficante detido nos EUA tem Walter White como ídolo

A polícia desmantelou na passada quarta-feira uma rede que distribuía grandes quantidades de metanfetaminas na Flórida, cujo líder afirmou ter muita afinidade com Walter White, o protagonista da premiada série de televisão "Breaking Bad", informou a imprensa local.

Pelo menos 16 pessoas, entre elas o chefe John Wayne Bell, de 49 anos, o seu filho, John Jr., e a sua mulher, Colleene, foram indiciados pela polícia de Orlando, centro da Flórida, segundo nota divulgada pelo Escritório Metropolitano de Investigação (MIB).

Aos agentes, o traficante disse sentir que a sua vida é muito parecida com a da personagem principal da série "Breaking Bad", em que um professor de química honesto acaba por se transformar num chefe do tráfico de metanfetaminas, de acordo com o tenente do MIB, Doug Georke, citado pela emissora local WESH. "Aparentemente, ele imitava essa personagem", relatou Georke.

A polícia fez uma busca na casa de Bell, que era usada como depósito da droga sintética "meth", ou "cristal". De lá, era distribuída para ser vendida na região central da Flórida. O seu grupo distribuiu "vários quilos" da droga, segundo o comunicado da polícia.

Bell tem uma longa ficha criminal e já foi várias vezes detido por tráfico de metanfetaminas. A última vez que deixou a prisão foi em dezembro do ano passado, um mês antes do início da investigação do MBI.

@AFP

Comentários