Artigo

Conseguimos ver todas as séries que queremos?

Há centenas de séries de todos os géneros e para todos os gostos. Mas quantas é que conseguimos acompanhar? Há um limite? Conseguimos memorizar as histórias e os enredos? Estas foram algumas das perguntas a que o The Wall Street Journal tentou responder.

Segundo os cientistas consultados pela publicação, a mente humana consegue acompanhar inúmeras séries, não havendo um limite. Além disso, defendem que a predisposição para acompanhar determinadas histórias evoluiu para se adaptar ao quotidiano e para antecipar situações semelhantes.

"A Guerra dos Tronos", um dos exemplos usados pelo The Wall Street Journal, tem uma das narrativas mais complexas, com dezenas de personagens com enredos cruzados e nomes que se perdem na memória, muitas vezes.

Richard Gerrig, professor de Ciência Cognitiva na Universidade Brook Stony, explicou ao jornal que quando nos esquecemos do nome ou de uma cara de uma personagem, a sensação é idêntica à de não lembrar uma pessoa. “Ser capaz de acompanhar os enredos e as personagens é a mesma coisa que acompanhar a vida dos amigos (…) Quando restabelecemos uma ligação com uma personagem, é o mesmo que encontrar um colega ou um primo que não vemos muitas vezes”, defendeu Gerrig no artigo publicado no The Wall Street Journal.

Além do tempo disponível, o memorizar as histórias pode ser uma condicionante na hora de decidir acompanhar mais uma série.

Se em séries da Netflix não há o tradicional “no episódio anterior”, muitos produtores de séries televisivas ainda optam por recordar os acontecimentos mais marcantes. Além disso, as redes sociais, aplicações das séries e sites de entretenimento estendem o enredo para além dos episódios, ajudando a manter contacto com a história e a descobrir novos detalhes.

Track.TV: há utilizadores a ver 18 séries em simultâneo

O site Track.TV contabiliza dados sobre as séries que os utilizadores acompanham e fornece várias informações, como avisos sobre o dia em que o novo episódio é emitido.

Segundo os dados do Track.TV, citados na publicação, do mais de um milhão de utilizadores, em média, cada um acompanha até cinco séries. Já entre os 10 mil utilizadores mais ativos a média sobe: cada um vê 18 séries, o que equivale a cerca de 92 episódios por mês.

No serviço de streaming, Netflix, 25% dos subscritores viram duas séries ao mesmo tempo e apenas um nicho “fez malabarismo de séries”.

Apesar de os cientistas afirmarem que conseguimos acompanhar séries sem limites, quantas é que consegue acompanhar? E porquê?

@Tiago David

Comentários