Artigo

Documentário «Mandela: Vida e Legado» estreia no National Geographic Channel

"Mandela: Vida e Legado" estreia a 9 de dezembro, às 21h00, no National Geographic Channel e segue os passos históricos da jornada de Nelson Mandela, desde a sua infância na casa da família Themburoyal ao seu trabalho como jovem advogado em Joanesburgo, passando pela sua prisão, pelas eleições presidenciais e acabando no seu contínuo legado.

Apresentado pelo jornalista Mark Austin, o documentário "Mandela: Vida e Legado" incluí comentários de oficiais políticos, amigos íntimos e aliados de Mandela, entre os quais o antigo presidente da África do Sul, Frederik Willem de Kler, o antigo primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, o arcebispo Desmond Tutu e também o seu companheiro de prisão Mac Maharaj.

Mantido prisioneiro durante quase três décadas, Mandela manteve-se inflexível quanto aos seus ideais pela igualdade de direitos e tornou-se num símbolo incrivelmente forte – com muitos sul-africanos e com toda a comunidade internacional a pedir a sua libertação. Depois de meses de negociação com o governo, Mandela viu-se em liberdade no início de 1990, altura em que ajudou a introduzir na nação uma nova era de mudanças políticas e sociais. Os seus esforços valeram-lhe o Prémio Nobel da Paz em 1993. No ano seguinte, Mandela tornou-se no primeiro presidente negro da África do Sul – e o primeiro presidente eleito sob sufrágio universal. Desta forma, deixou um duradouro legado de fortalecimento social e político.

"Mandela: Vida e Legado" é uma produção para a National Geographic Channels International (NGCI) pela ITV Global Entertainment.

Comentários