Artigo

"Downton Abbey" da televisão para os palcos?

A série britânica mais popular dos últimos anos, "Downton Abbey", pode saltar da televisão para os palcos em forma de musical, no final da sexta temporada.

Segundo o The Independent, o compositor John Lunn confessou que tem trabalhado com o produtor Julian Fellowes para arrancar com um espetáculo ao vivo no final da série.

"Poderá haver um pouco de jazz de época. Alguns dos atores provavelmente vão recitar. Vamos ter uma tela. Podemos ter música ao vivo para várias cenas. Julian pode ser o anfitrião. Tenho 75% de certeza que isso vai acontecer”, disse o compositor de "Downton Abbey".

Michelle Dockery, que interpreta Lady Mary, provou durante o episódio especial do natal de 2015 que tem algum à vontade a cantar. Elizabeth McGoyern, que na série de época é Lady Grantham, mãe de Lady Mary, é uma cantora com um longo currículo.

"Downton Abbey", que para a revista Time é “os Beatles da história do drama de época na TV”, tem uma média de 120 milhões de espectadores por semana, espalhados por mais de 100 países.

O sucesso no pequeno ecrã poderá refletir-se no sucesso de bilheteiras do musical, defende Laura Knapp, vice-presidente da Social Reality ao The Mirror. “Uma digressão musical de um programa de televisão não é comum, mas este drama tem disso um fenómeno e isso vai ser um sucesso. A digressão pode passar por dezenas de grandes palcos em toda a América e fazer vários milhões de dólares facilmente”.

A série que conta com Hugh Bonneville, Laura Carmichael, Jim Carter, Maggie Smith, entre outros, já levou à criação de vários negócios paralelos, como linhas de roupa ou de decoração.

Aproveite e veja na galeria alguns dos momentos da quinta temporada de "Downton Abbey".

Comentários