Artigo

Emmys: "Westworld", "Stranger Things" e "Saturday Night Live" vencem categorias técnicas

A cerimónia da 69ª edição dos prémios televisivos está agendada para 17 de setembro, mas os vencedores das categorias técnicas já foram anunciados.

Como já é tradição, antes da cerimónia dos Emmys, a academia revelou os vencedores das categorias técnicas.  "Westworld", "Stranger Things" e "Saturday Night Live" e  foram as produções mais premiadas no evento que decorreu no passado fim de semana no teatro Microsoft, em Los Angeles.

“Westworld”, versão moderna do filme homónimo de 1973, escrito por Michael Crichton, centrado num parque temático de robôs, venceu em cinco categorias, incluindo o galardão de Melhores Efeitos Visuais e Melhor Realização Criativa.

No total, "Stranger Things", série original da Netflix protagonizada por um grupo de adolescentes - Millie Bobby Brown (Eleven), Gaten Matarazzo (Dustin Henderson), Finn Wolfhard (Mike Wheeler)  e Noah Schnapp (Will) - também arrecadou cinco prémios, entre os quais de Melhor Elenco de Drama, Melhor Música Original, Melhor Design de Genérico e Melhor Edição de Som.

"Saturday Night Live" foi outro dos nomeados mais premiados no fim de semana. O programa de humor também saiu do evento com cinco prémios - Melissa McCarthy foi considerada a Melhor Atriz Convidada e Dave Chappelle venceu o galardão de Melhor Ator Convidado.

A cerimónia da 69ª edição dos prémios televisivos está agendada para 17 de setembro. "Westword" e "Saturday Night Live" seguem à frente da corrida, com 22 nomeações cada. "Saturday Night Live", que este ano se destacou pela crítica ao presidente norte-americano, Donald Trump e à sua administração, foi criado em 1975 e soma perto de 830 emissões. Até agora, conquistou 45 Emmys. O programa reforça o recorde de nomeações, ultrapassando as 230.

Veja aqui a lista completa de nomeados

Além de nomeado para Melhor Programa de Entretenimento (Outstanding Variety Sketch Series), "Saturday Night Live" tem a maioria dos seus atores na lista final de candidatos nesta área de comédia, com Alec Baldwin, e a sua personificação de Donald Trump, e Melissa McCarthy, com a caricatura do porta-voz da Casa Branca Sean Spicer, a dominarem as atenções.

No drama destacam-se, além de "Westworld", "Stranger Things", com 18 nomeações. "Feud", protagonizada por Jessica Lange e Susan Sarandon, com 17 nomeações, evoca a rivalidade das atrizes Joan Crawford e Bette Davis. As candidatas a melhor série dramática contam ainda com "Better Call Saul", o spin-off de "Breaking Bad", “The Crown”, sobre a família real britânica, “The Handmaid’s Tale”, baseada no romance homónimo da escritora canadiana Margaret Atwood, “This is Us”, que conta a história de uma família, ao longo de várias décadas.

Com três prémios consecutivos como melhor comédia, "Veep", uma sátira política protagonizada por Julia Louis-Dreyfus, volta a liderar as nomeações nesta categoria. Tem rivais em “Atlanta”, criada e protagonizada por Donald Glover, sobre dois primos que querem um lugar de destaque no rap de Atlanta, “Uma Família Muito Moderna”, que vai na nona série e soma vários Emmy, “Master of None”, à volta da vida pessoal e profissional de um ator de 30 anos em Nova Iorque, assim como em "Black-ish", "Silicon Valley", "Transparent" e "Unbreakable Kimmy Schmidt".

Comentários