Artigo

Fãs dos Simpsons protestam pelo regresso da série na Bolívia

Fãs bolivianos de "Os Simpsons" mobilizaram-se nas redes sociais e foram às ruas nas principais cidades do país, na sexta-feira à noite, para pressionar a emissora local Unitel a voltar a transmitir a série no horário normal.

A série foi substituída por um programa de variedades, mas a rede já anunciou que atenderá aos pedidos dos assinantes.

Com máscaras de Homer, Bart e Lisa Simpson e até vestidos de garrafas da cerveja Duff, os fãs protagonizaram barulhentas manifestações nos arredores das instalações da rede, exigindo o regresso da série ao seu horário normal.

"Eu sou Homer!" e "televisão decente" eram algumas das palavras de ordem dos manifestantes que não se intimidaram com a chuva, segundo imagens divulgadas pelo canal televisivo privado.

Protestos parecidos aconteceram nas capitais de Santa Cruz (este) e Cochabamba (centro).

A mobilização, que reuniu mais de 200 pessoas, contou com a presença do ator mexicano Humberto Vélez, que faz a dobragem da voz de Homer Simpson para o espanhol.

"Homer apoia este movimento. Vocês têm razão. Se vão substituir os 'Simpsons', que seja com programas inteligentes", disse o comediante numa mensagem gravada.

A Unitel havia reduzido a duração da série nprte-americana para transmitir o programa de concursos "Calle 7", de produção chilena. De acordo com o jornal "La Razón", a emissora informou no seu principal noticiário que devolverá a série ao horário habitual, com duas horas duração.

@AFP

Comentários