Artigo

Festival da Canção: Salvador Sobral vai representar Portugal na Eurovisão

Salvador Sobral foi o grande vencedor da edição de 2017 do Festival RTP da Canção, cuja final decorreu no domingo.

A final da edição de 2017 do Festival da Canção decorreu na noite deste domingo, 5 de março, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Depois de somados os pontos da votação do público e do júri regional, Salvador Sobral foi o escolhido para representar Portugal na Eurovisão, em Kiev, na Ucrânia.

"Amar pelos Dois", a canção vencedora - que reuniu o maior número de ( 12 votos do júri regional e 10 do público), vai representar Portugal na primeira semifinal do Festival da Eurovisão da Canção, a 9 de maio, na Ucrânia. Em segundo lugar ficou o trio Viva La Diva com "Nova Glória", somando 18 pontos - 6 do júri e 12 do público.

A emissão da RTP1, que foi conduzida por Sílvia Alberto e Catarina Furtado que, ao longo da noite, foram recebendo em palco algumas das caras do canal, como Serenella Andrade, José Carlos Malato, José Pedro Vasconcelos ou Jorge Gabriel, celebrou ainda os 60 anos do operador público.

Além das atuações de Salvador Sobral, Jorge Benvinda (Virgem Suta), Lena d'Água, Pedro Gonçalves, Fernando Daniel, Celina da Piedade, Deolinda Kinzimba e do trio Viva La Diva, pelo palco do Festival da Canção passaram ainda Rita Guerra, Susana Félix, Miguel Ângelo, NBC, Marta Hugon e Tatanka, músicos que recordaram alguns dos temas que representaram Portugal na Eurovisão nos últimos 50 anos.

No final da cerimónia, Salvador Sobral voltou a subir ao palco do Coliseu dos Recreios, desta dez com Luísa Sobral, irmã e compositora do tema vencedor.

A 51.ª edição do Festival da Canção foi apresentada pela RTP como uma "janela renovada" para compositores e intérpretes portugueses, com as canções candidatas a serem transmitidas em direto em duas noites de eliminatórias, perante um júri presidido por Júlio Isidro.

Uma final repleta de homenagens

A final do Festival da Canção celebrou ainda os 60 anos da rádio e televisão portuguesa. "Há figuras do festival que se entrelaçam com as da televisão", frisou Catarina Furtado, relembrando de seguida alguns dos programas que marcaram a história da RTP.

Festival da canção

Durante a cerimónia foram ainda homenageadas várias caras da estação, como Simone de Oliveira, Ruy de Carvalho, Eunice Muñoz, Herman José e António Vitorino de Almeida. Júlio Isidro, considerado o senhor televisão, também foi surpreendido, recebendo um forte aplauso do público. "Devem-se ter enganado no envelope", gracejou o apresentador, relembrando a gaffe dos Óscares.

No final da emissão, Filomena Cautela revelou ainda que será editado um disco com as 16 canções que participaram na edição de 2017 do Festival da Canção.

Portugal vai subir ao palco da Eurovisão na primeira semifinal da competição, numa cerimónia que conta ainda com as participações do Montenegro, Finlândia, Geórgia, Bélgica, Suécia, Albânia, Azerbaijão, Austrália, Chipre, Eslovénia, Arménia, Moldávia, República Checa, Letónia, Islândia, Grécia e Polónia. A segunda semifinal está agendada para 11 de maio e a final decorre no dia 13 do mesmo mês.

PONTUAÇÃO FINAL (PÚBLICO E JÚRI REGIONAL):

1º lugar - Salvador Sobral com  "Amar Pelos Dois" - 12 (júri) + 10 (público); Total: 22 pontos
2º - Viva La Diva com "Nova Glória" - 6 (júri) + 12 (público); Total: 18 pontos
3º - Celina da Piedade com "Primavera" - 10 (júri) + 6 (público); Total: 16 pontos
4º - Jorge Benvinda com "Gente Bestial" - 10 (júri) + 5 (público); Total: 15 pontos
5º - Fernando Daniel com "Poema a Dois" - 7 (júri) + 7 (público); Total: 14 pontos
6º - Pedro Gonçalves com "Don't Walk Away" - 5 (júri)+ 8 (público); Total: 13 pontos
7º - Lena D'Água com "Nunca Me Fui Embora" - 5 (júri) + 3(público); Total: 8 pontos
8º - Deolinda Kinzimba com "O Que Eu Vi Nos Meus Sonhos" - 3 (júri) + 4 (público); Total: 7 pontos

Comentários