Artigo

George R. R. Martin não dá tréguas: mortes de "A Guerra dos Tronos" vão continuar

O autor que inspirou a série "A Guerra dos Tronos", George R. R. Martin, tenciona matar mais personagens, independentemente da sua relevância na saga.

O escritor de "As Crónicas de Gelo e Fogo" já ganhou reputação de partir o coração dos fãs, dada a sua tendência para aniquilar personagens adoradas da série. Aparentemente o cenário vai piorar na próxima temporada, a quinta.

Durante um evento realizado em Londres pela editora Harper Collin, onde George R.R. Martin se reuniu com cerca de mil pessoas para falar do seu trabalho, o escritor comentou a sua fama de "carrasco de personagens" na saga.

Uma vez que o fim está cada vez mais próximo, o autor explica que as diversas personagens começam a cruzar-se, o que acaba por, "naturalmente, criar algumas baixas".

"Na forma como meus livros são estruturados, todas as pessoas viviam em conjunto, depois seguiram caminhos diferentes. Agora está a chegar ao ponto em que os diversos reinos começam a convergir de volta. As personagens estão a reencontrar-se e isso dá-me muito mais flexibilidade para matar pessoas", brinca o autor.

"The Winds of Winter", o sexto livro da saga, ainda não tem data de edição, mas os fãs estão avisados para não ficarem demasiado otimistas, uma vez que as suas personagens preferidas podem acabar como "banquete para corvos". Já a quinta temporada de Game of Thrones estreia na HBO entre março e abril de 2015.

Comentários