Artigo

"Got Talent Portugal" vai ser "o programa mais democrático da televisão"

Sofia Escobar, Manuel Moura dos Santos, Pedro Tochas e Rui Massena vão animar os serões de domingo da RTP, na qualidade de jurados do "Got Talent Portugal", o concurso de talentos apresentado pelo humorista Marco Horácio.

Oriundos de áreas do espetáculo diversificadas, os membros do júri da principal aposta da RTP para os primeiros meses do ano mostram-se bastante entusiasmados com o desafio.

Sofia Escobar virá mesmo, de propósito, de Madrid, onde reside com o marido e filho, para ajudar a escolher “o maior talento de Portugal”.

“Recebi o convite com muita honra. Vou sentir bastante empatia com os concorrentes porque sei muito bem o que é estar do outro lado e ser avaliado”, diz a estrela portuguesa.

O "Got Talent" tem sido o programa de entretenimento mais visto em todo o mundo e os responsáveis da estação pública alimentam “grandes expectativas” para este formato, o terceiro a ser apresentado em Portugal depois das versões "Aqui há Talento" (RTP) e "Portugal tem Talento" (SIC).

“É o programa mais democrático da televisão. Não existe limite de idades para os concorrentes, nem de talentos. Podem concorrer malabaristas, cantores, mágicos, dos mais malucos aos mais extraordinários”, explica Frederico Ferreira de Almeida, diretor da produtora FreemantleMedia.

O "Got Talent Portugal" estreia a 18 de janeiro com a transmissão do primeiro de cinco programas dedicados às audições, que já estão a ser gravados, após uma fase de pré-seleção à qual concorreram 9 mil candidatos de todo o país.

Seguem-se as galas em direto conduzidas pelo humorista Marco Horácio, que faz a sua estreia como apresentador a solo.

Veja as fotos da apresentação do programa à imprensa.

Comentários