Artigo

Governo dos Açores envia até terça-feira contraproposta sobre RTP a Poiares Maduro

O presidente do Governo dos Açores confirmou hoje que está concluída a contraproposta regional para o futuro da RTP no arquipélago, prometendo enviá-la para Lisboa “ainda hoje ou o mais tardar amanhã [terça-feira]”.

“Já está concluído e será enviado ainda hoje ou o mais tardar amanhã”, afirmou aos jornalistas Vasco Cordeiro, após uma audiência no Palácio de Santana, em Ponta Delgada.

Em abril, o ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, apresentou a Vasco Cordeiro uma proposta para a RTP/Açores, que passa pela criação de uma empresa regional para garantir parte dos conteúdos audiovisuais, ficando a RTP com a área da informação.

Questionado sobre o conteúdo da contraproposta a enviar para Lisboa, o chefe do executivo açoriano optou por nada revelar, remetendo para outra ocasião mais pormenores sobre o documento.

No início de maio, o Governo dos Açores pediu o estudo feito pela RTP sobre os centros regionais da empresa ao gabinete do ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, mas o documento só chegou no início de junho, após um segundo pedido.

Por outro lado, o parlamento dos Açores aprovou a 09 de maio uma resolução que recusa a solução apresentada por Poiares Maduro para a RTP/Açores.

O documento, aprovado por cinco dos seis partidos com assento parlamentar, apenas não obteve a aprovação do Bloco de Esquerda.

A resolução discorda da criação uma empresa regional de audiovisual e da separação entre informação e produção de rádio e televisão, bem como da divisão entre os trabalhadores da empresa, como prevê a proposta de Poiares Maduro.

Vasco Cordeiro referiu hoje que a contraproposta açoriana ainda não foi enviada aos partidos representados na Assembleia Regional.

“Não é propriamente uma coisa que nós, enfim, que haja essa necessidade. Não há nada que impeça. Não é uma prática habitual enviar”, afirmou Vasco Cordeiro.

@Lusa

Comentários