Artigo

Manuela Moura Guedes abandona programa em direto

“Neste preciso momento abandono o programa. Já chega”, disse Manuela Moura Guedes antes de sair em direto de "Barca do Inferno", da RTP Informação.

Depois de uma troca de argumentos em torno da segurança social e das propostas do Partido Socialista que envolve uma descida da TSU (Taxa Social Única), a antiga jornalista da TVI abandonou o programa de debate na noite da passada segunda-feira.

Já com o tom elevado em estúdio, Manuela Moura Guedes insistiu que Isabel Moreira explicasse com mais detalhe a descida da TSU: “Eu gostava só de perguntar como é que a descida da TSU... estou a perguntar-te, Isabel, não sei se estás cá. Como é que a descida da TSU vai garantir emprego, crescimento, salários... Como é que vai ser? Garante? Garante como?”.

Depois da pergunta de Moura Guedes, o ambiente ficou atribulado, com todas as comentadoras a falar umas por cima das outras – o que é comum no programa.

A deputada do PS, Isabel Moreira, depois de várias insistências, respondeu à antiga pivot do "Jornal Nacional", mas Manuela Moura Guedes exigiu mais detalhes. Nilton, perante a insistência, pediu “boa educação”: “Manuela! Estamos em direto! Alguma boa educação, está bem? Então, pronto. Não atacas, portanto vamos com calma.”

O humorista e moderador da "Barca do Inferno" tentou prosseguir com o programa e foi nesse momento que Manuela Moura Guedes disse que abandonava a discussão, pedindo desculpas aos telespectadores. “Peço imensas desculpas aos espectadores, mas quando há um debate, pergunta-se e as pessoas respondem. Não viram a cara para o lado”.

Depois de Manuela Moura Guedes sair do estúdio, Nilton tentou acalmar o clima, recordando um episódio da SIC Notícias. “Momento Pedro Santana Lopes na Barca do Inferno. Pedimos desculpa a José Mourinho, que acabou de chegar à Portela e tivemos aqui um percalço”, brincou o humorista, fazendo alusão à saída do antigo primeiro-ministro de um programa, depois de ter sido interrompido com uma notícia sobre o treinador português.

Comentadoras já reagiram

No final do programa, Isabel Moreira não deixou passar em branco o acontecimento. “Não há como não dizer nada. As elites e o sexismo são inimigos da barca do inferno. O programa é uma excelente ideia concebida até ao fim deste mês. Sei que muita gente vê a Barca e não via os do costume. Isto não significa que o programa seja perfeito. Hoje isso ficou claro. O moderador fez o seu papel de forma exemplar e a profunda superficialidade de uma das participantes posta a nu ao longo do programa viu ali uma oportunidade de saída de vítima de " má educação", logo a pessoa em causa. As participantes no programa não são iguais, há quem se prepare e há quem debata. E é um bom programa. Sempre o defenderei. O programa. Não quem saiu tarde. Num desrespeito total pelo público. E a minha solidariedade total com o Nilton que fez o que tinha a fazer”, comentou na sua conta de Facebook.

Manuela Moura Guedes prestou a primeira explicação, depois da RTP anunciar a sua saída do programa. "Eu não queria dizer mesmo nada. Já foi suficientemente ruidoso o que se passou e cada um pode ajuizar por si. Só estou aqui para agradecer às muitas e muitas pessoas que me compreendem. Muito obrigada. Há um mínimo de condições que se exige para que haja respeito, e já só falo daquele respeito que se tem por si próprio sem o qual deixamos de ser quem somos", escreveu a antiga jornalista da TVI na sua página de Facebook.

Também o Facebook, Raquel Varela falou sobre o programa "A Barca do Inferno": "A Barca tem um moderador impecável, que com humor e ironia fez brilhantes introduções ao programa e na minha opinião, muito sincera, ajudou a levar a Barca a segmentos sociais que normalmente não debatem política. A necessidade clara de um painel mais equilibrado é isso mesmo - a necessidade de corrigir erros, que existem em todo o lado - e os erros servem para ser corrigidos e não para serem repisados. Porque o programa em si é uma belíssima ideia da RTP, sem concorrentes no privado, e é com muito gosto que sou parte do seu painel".

Sofia Vala Rocha também reagiu na rede social à saída de Manuela Moura Guedes: "Hoje à noite tivemos um daqueles momentos 'The show must go on...'", disse a comentadora, acresentando noutra partilha que foi "uma Barca do Inferno do Além".

Relembre-se que programa de debate da RTP Informação teve a sua primeira baixa logo após a estreia, com a saída de Marta Gautier, que foi substituída por Sofia Vala Rocha.

@Tiago David

Comentários