Artigo

Morreu atriz mexicana Magda Guzmán, de "A Usurpadora"

A atriz Magda Guzmán, a governanta Adelina de "A Usurpadora", uma pioneira das telenovelas mexicanas, morreu nesta quinta-feira, aos 83 anos, vítima de uma paragem cardíaca, informaram a sua família e a emissora Televisa.

"Até hoje a minha guerreira favorita, a minha avó da alma. Magda Guzmán acaba de empreender a sua viagem para o Céu, voa alto minha vida. Amo-te", postou a sua neta, a também atriz Magda Karina Talamantes, no Twitter.

O site da rede Televisa, onde Magda trabalhou a maior parte da sua vida, anunciou a morte da atriz, "vítima de uma paragem cardíaca".

O Instituto Nacional de Belas Artes e a Academia Mexicana de Artes e Ciências Cinematográficas lamentaram a morte da atriz. Com uma longa carreira, iniciada aos dez anos, Magda Guzman tinha mais de 50 novelas no currículo, entre estas "A Usurpadora", transmitida em Portugal pela RTP no final dos anos 1990.

Nascida na cidade de Saltillo, no norte do país, a 16 de maio de 1931, também atuou no teatro e no cinema.

@AFP

Comentários